Victor Andrade leva bronca de Muricy por agredir jogador da base

Atacante se irrita com Gabigol e aplica pontapé violento no jogador

SANCHES FILHO, Agência Estado

09 de janeiro de 2013 | 12h53

SANTOS - O clima esquentou no treinamento do Santos na manhã desta quarta-feira no CT Rei Pelé. O atacante Victor Andrade foi alvo de uma bronca do técnico Muricy Ramalho, que se irritou com o jogador após ele agredir Gabigol, das categorias de base do clube, com um pontapé violento.

Para completar o grupo na atividade, o treinador acionou jogadores das categorias de base, incluindo Gabigol, considerado uma das promessas da equipe. Em um lance, o jogador se antecipou a Victor Andrade e ficou protegendo a bola. O atacante, então, se irritou e chutou o companheiro. Apesar da reprimenda de Muricy, Victor Andrade realizou o treino até o final.

Enquanto Muricy e o elenco intensificam a preparação para o começo do Campeonato Paulista, a diretoria segue se movimentando para reforçar o elenco santista. O clube negocia com o atacante Nenê, do Paris Saint-Germain, e aguarda uma resposta da proposta feita, e também com o volante Marcos Assunção, ex-Palmeiras, a quem foi oferecido um contrato por produtividade.

O meia Montillo ainda não assinou contrato com o Santos, o que ainda adia a sua apresentação oficial. Se o acordo for firmado ainda nesta quarta-feira, o argentino será apresentado oficialmente no dia seguinte, na quinta. O lateral-esquerdo Guilherme Santos e o meia Pinga ainda aguardam a chegada de documentos para que também possam assinar com o clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.