Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Victor Luis e Thiago Martins garantem estar mais maduros em retorno ao Palmeiras

Revelações voltam ao clube após período de empréstimo

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

14 de janeiro de 2016 | 16h05

Além dos oito jogadores contratados para a temporada 2016, outros dois atletas aparecem como novas opções para o técnico Marcelo Oliveira, mas são caras conhecidas do torcedor do Palmeiras. São os casos do zagueiro Thiago Martins e do lateral-esquerdo Victor Luis. Os dois voltaram de empréstimo do Paysandu e Ceará, respectivamente, e foram reintegrados. Ambos, ainda jovens, garantem que retornaram muito mais maduros e prontos para ganhar mais oportunidades.

"Estamos tendo essa nova oportunidade de estar com o grupo e vamos aproveitar. As pessoas acham que por sermos jovens, a gente não consegue lidar com a pressão. Foram dois anos de dificuldades, mas que no final acabou em coroação. Volto mais calejado tanto na vida pessoal quanto na profissional", disse o lateral, que também pode atuar como volante.

Já Thiago Martins contou que o gerente de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, teve uma conversa com eles para falar sobre o retorno e espera que isso sirva de inspiração. "O Alexandre falou para gente que era bom tomar essa ''pancadinha'' (de sair por empréstimo) e fez bem para mim, mesmo. Voltei a jogar e agora quero fazer o que fiz no Paysandu e sempre tentando melhorar para dar certo aqui também", comentou o zagueiro.

O elenco do Palmeiras treina nesta quinta-feira em Itu com mais duas novidades. O atacante Rafael Marques e o volante Jean devem fazer a primeira atividade com o grupo após terem sido contratados. No total, a equipe conta com oito reforços, além do retorno de Victor Luis e Thiago Martins. São eles: O goleiro Vagner, os zagueiros Edu Dracena e Roger Carvalho, os volantes Rodrigo e Jean, os meias Moisés e Régis e o atacante Erik. Além disso, assegurou a permanência de Rafael Marques.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.