Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Victor, Marcos Rocha e Rafael Carioca são dúvidas no Atlético-MG para jogo no Sul

No domingo, time enfrenta o Grêmio em Porto Alegre pelo Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

25 Agosto 2016 | 20h20

Depois de empatar em 1 a 1 com a Ponte Preta, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Atlético Mineiro retomou os trabalhos nesta quinta-feira de olho na partida contra o Grêmio, neste domingo, às 16 horas, em Porto Alegre, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para a partida, o time mineiro tem ao menos três dúvidas. O goleiro Victor sentiu dores lombares e o lateral-direito Marcos Rocha e volante Rafael Carioca deixaram o campo no decorrer da partida por conta de dores musculares.

Os problemas não param por aí. O primeiro reserva para o gol, Giovanni, teve um entorse no joelho direito na última segunda-feira e também não jogará. Além deles, Casares, Luan e Erazo continuam no departamento médico sem data para voltar.

Os atletas que enfrentaram a equipe campineira fizeram trabalho regenerativo na academia e os demais participaram de um trabalho técnico no campo 4. O treinamento contou com a presença do atacante Jô, campeão e artilheiro da Copa Libertadores pelo Atlético em 2013.

O jogador atualmente está no Jiangsu Suning, da China. "É sempre bom rever os amigos. Eu estava passeando aqui em Belo Horizonte e é impossível não vir aqui no Galo para matar a saudade do clube e rever os companheiros", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.