Edgard Garrido/Reuters
Edgard Garrido/Reuters

Vidal fica fora de treino e se torna dúvida no Chile para duelo com Equador

Meio-campista se ressente de dores na coxa e não completou partida contra o Japão na estreia

Redação, Estadão Conteúdo

20 de junho de 2019 | 22h38

Atual bicampeão da Copa América, o Chile poderá se ver forçado a buscar a classificação antecipada às quartas de final da competição no Brasil sem Arturo Vidal, pois o meio-campista do Barcelona se tornou dúvida para o confronto desta sexta-feira contra o Equador, a partir das 20 horas, na Arena Fonte Nova, pela segunda rodada do Grupo C.

Nesta quinta, véspera do confronto em Salvador, Vidal apenas caminhou ao redor do campo do estádio de Pituaçu, onde treinava o restante dos seus companheiros, em um claro indicativo de que ainda não está recuperado das dores na coxa esquerda que o levaram a deixar a goleada por 4 a 0 sobre o Japão, na estreia chilena na Copa América, aos 13 minutos do segundo tempo.

O técnico da seleção do Chile, o colombiano Reinaldo Rueda, não descartou Vidal, que passará por avaliação antes do confronto para saber se terá condições de entrar em campo. "Amanhã fará uma avaliação e tomarei a decisão para o jogo", explicou o treinador.

A presença de Vidal é a única dúvida de Rueda para escalar o Chile. "A ideia contra o Equador é repetir a equipe", revelou o treinador, que deverá acionar Pedro Pablo Hernández, como fez contra o Japão, para ocupar a vaga do titular, caso ele não esteja recuperado.

Assim, o Chile deverá encarar o Equador com a seguinte formação: Gabriel Arias; Guillermo Maripán, Mauricio Isla, Gary Medel e Jean Beausejour; Erick Pulgar, Charles Aránguiz e Arturo Vidal (Pedro Pablo Hernández); Alexis Sánchez, Eduardo Vargas e José Pedro Fuenzalida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.