Sebastião Moreira/EFE
Sebastião Moreira/EFE

Vidal sonha com o tricampeonato do Chile: 'Queremos entrar para a história'

Chilenas enfrentam o Peru pela semifinal da Copa América, quarta-feira, na Arena do Grêmio

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2019 | 20h40

Um dos líderes da seleção chilena, o volante Arturo Vidal sonha com o tricampeonato da Copa América. Para isso, os chilenos precisam eliminar na semifinal o Peru, quarta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, e depois conquistar o título no domingo, no Maracanã, contra o ganhador do duelo entre Brasil e Argentina, que se enfrentam às 21h30 desta terça, no Mineirão, onde será definido o primeiro finalista do torneio.

"Queremos entrar para a história como tricampeões. É um sonho nosso. Por isso, queremos fazer o melhor jogo da Copa diante do Peru. É o nosso objetivo. Será um feito histórico", disse o atleta do Barcelona, em entrevista coletiva nesta segunda-feira na capital gaúcha.

"Vamos precisar de um jogo perfeito, com grande qualidade porque o Peru é um time muito coletivo, parecido com a Colômbia. Vai ser uma disputa muito interessante", disse Vidal, de 32 anos, que destacou o talento do peruano Paolo Guerrero. "Trata-se de um atacante que sabe jogar contra quatro zagueiros. É sempre muito cansativo marcá-lo."

Segundo Vidal, a seleção chilena está mais preparada para ser campeã no Brasil do que há quatro anos, quando conquistou o título em casa - um ano depois, nos Estados Unidos, o time nacional faturou o bicampeonato continental nos Estados Unidos. "Agora conseguimos controlar mais os jogos. Antes tínhamos muita vontade, mas não tínhamos títulos, experiência. Agora temos tudo."

O técnico colombiano Reinaldo Rueda também foi alvo de elogios por parte de Vidal nesta segunda-feira. "É uma grande pessoa, um grande treinador e tem qualidade para dirigir um grupo difícil como o nosso", ressaltou.

O Chile, assim como o Peru, alcançou a semifinal da Copa América nos pênaltis, após empate sem gols no tempo normal diante da Colômbia, na última sexta-feira, na Arena Corinthians. Os peruanos eliminaram da mesma forma os uruguaios, superados no sábado, na Fonte Nova, em Salvador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.