Vila Nova 'aposenta' o vermelho e só usará preto na 2ª divisão do Goiano

Um dos clubes mais tradicionais de Goiás, o Vila Nova vai viver novamente a experiência de jogar a segunda divisão do Campeonato Estadual, que começa neste sábado. De cores vermelha e branca, o Vila, porém, decidiu aposentar permanentemente seu uniforme principal. Em sinal de luto pela sua própria situação, vai jogar de preto.

Estadão Conteúdo

20 de fevereiro de 2015 | 15h05

Quinze vezes campeão do Goiano, o Vila não vence desde 2005. Na virada do século, teve o momento mais difícil de sua história, sendo rebaixado para a segunda divisão pela primeira vez. Campeão da Segundona em 2001, repetiu a dose na elite no ano seguinte.

Em 2014, o rebaixamento veio em dose dupla: no Goiano e na Série B do Campeonato Brasileiro. Numa tentativa de preservar os símbolos do clube, veio a ideia de vestir um uniforme todo preto, acatando uma proposta feita pela torcida do River Plate quando o clube (também alvirrubro) foi rebaixado no Argentino.

A proposta é que, quando não puder jogar de preto, o Vila Nova use um uniforme todo branco, poupando sempre a tradicional camisa vermelha. A estreia na chamada "Divisão de Acesso" (a Federação Goiana não usa o termo "segunda divisão") será neste sábado, contra o Novo Horizonte. O Goiânia, 14 vezes campeão da elite (terceiro maior campeão do Estado), também vai brigar pelo acesso.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVila NovaCampeonato Goiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.