Vila Nova demite técnico e deve anunciar Vágner Benazzi

O técnico Gilson Kleina foi demitido no Vila Nova nesta quarta-feira. Após um empate e uma derrota por goleada nas duas primeiras rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, o treinador fez duras críticas à diretoria e criou um clima de mal-estar com os dirigentes.

AE, Agencia Estado

20 de maio de 2009 | 17h52

Mas o Vila Nova não deve ficar muito tempo sem treinador. A diretoria goiana deve anunciar a contratação do técnico Vágner Benazzi, que ainda não foi confirmado oficialmente, mas já estaria apalavrado.

Seu último trabalho foi na Série B do ano passado, quando dirigiu a Ponte Preta e lutou até as últimas rodadas pelo acesso à primeira divisão. Também fez bom trabalho na Portuguesa, quando conquistou a Série A-2 do Campeonato Paulista e o acesso à Série A, ambos em 2007.

O anúncio oficial da demissão de Gilson Kleina aconteceu nesta quarta-feira à tarde, após reunião entre o treinador e alguns dirigentes. A goleada sofrida para o Ipatinga, no último sábado, por 4 a 0, somada às críticas feitas pelo treinador à diretoria, foram a gota d''água.

Pesou também a campanha ruim do Vila Nova no Campeonato Goiano - a equipe ficou em sétimo lugar. A diretoria contratou reforços, mas sem o respaldo de Kleina, que reclamou publicamente dos jogadores trazidos e do planejamento traçado pelos cartolas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.