Vila Nova derrota Duque e se afasta da zona da degola

O Vila Nova fez a lição de casa na noite deste sábado e venceu o Duque de Caxias por 3 a 1, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, no encerramento da 29.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A vitória trouxe alívio ao time goiano, que se afastou da zona de rebaixamento.

AE, Agência Estado

16 de outubro de 2010 | 23h20

Com esta vitória, o Vila abriu cinco pontos do primeiro time dentro da zona da degola. Na 16.ª posição, possui 35 pontos, contra 30 do Ipatinga. Já o Duque se afastou da briga pelo acesso ao ser derrotado neste sábado. O time caiu para o oitavo lugar, com 42 pontos. Dez a menos que o Bahia, quarto colocado.

Apostando em uma forte marcação e nas saídas em velocidade para o contra-ataque, o Vila Nova dominou praticamente os 90 minutos. Com uma defesa lenta e um ataque sem muitas alternativas, o Duque viu o rival criar uma chance atrás da outra e poderia ter saído com um resultado ainda mais adverso.

O primeiro gol goiano saiu aos 24 minutos do primeiro tempo. O atacante Allan recebeu passe nas costas da defesa e bateu com categoria sobre o goleiro Lopes.

No segundo tempo, o Vila voltou ainda mais objetivo e chegou ao segundo gol aos 28 minutos. O atacante Bruno Lopes aproveitou falha da defesa, passou pelo goleiro e tocou quase sem ângulo para o gol.

Aos 39, o time da casa fez o terceiro. O volante Thyago Fernandes recebeu belo passe de Éberson e apenas tirou de Lopes. No final, aos 45 minutos, o atacante Somália ainda marcou o gol de honra, em cobrança de pênalti.

Na próxima terça-feira, o Vila Nova volta a campo para enfrentar o líder Coritiba, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. No mesmo dia, o Duque de Caxias recebe o Sport, em São Januário, no Rio de Janeiro.

Ficha Técnica:

Vila Nova 3 x 1 Duque de Caxias

Vila Nova - Max; Ivan, Cris, Éder Lima e Carlos Alberto (Thyago Fernandes); Éberson, Juninho, David e Davi Ceará (Júnior); Bruno Lopes e Allan (Max Pardalzinho). Técnico: Ademir Fonseca.

Duque de Caxias - Lopes; Amaral, Gustavo, Edson e Elton Lira (Frontini); Xaves, Roberto Lopes, Leandro Chaves e Lenílson (Paulo Rodrigues); André Luis (Geovane Maranhão) e Somália. Técnico: Gilson Kleina.

Gols - Allan, aos 26 minutos do primeiro tempo. Bruno Lopes, aos 28, Thyago Fernandes, aos 39, e Somália (pênalti), aos 45 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Davi Ceará, Éberson, Thyago Fernandes, Frontini.

Árbitro - Evandro Rogério Roman (Fifa/PR).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.