Vila Nova e Santa Cruz empatam e ficam distantes dos seus objetivos na Série B

Time goiano não colou no G-4, enquanto pernambucanos estão praticamente rebaixados

Estadão Conteúdo

07 Novembro 2017 | 21h38

O Vila Nova voltou a decepcionar os seus torcedores nesta terça-feira e praticamente deu adeus às chances de conquistar o acesso à elite ao empatar com o quase rebaixado Santa Cruz por 1 a 1, em pleno estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time comandado pelo técnico Hemerson Maria saiu de campo vaiado.

+ Confira classificação da Série B

Esse foi o quarto empate seguido como mandante do Vila Nova, que chegou aos 53 pontos e perdeu a oportunidade de colar no G4. O resultado também praticamente decretou o rebaixamento do Santa Cruz. Sem vencer há 10 jogos, o time pernambucano tem 33 pontos e só escapa da Série C se acontecer um milagre.

O primeiro tempo teve o visitante com mais posse de bola, mas o Vila Nova foi quem criou os principais lances de perigo. O árbitro anulou o gol de Lourency, aos 13 minutos, depois de rebote de Julio Cesar. Aos 33, porém, não teve jeito. Alan Mineiro cobrou escanteio e Geovane subiu mais que todo mundo, cabeceando no ângulo. O time pernambucano só não empatou nos acréscimos porque o goleiro Luis Carlos defendeu cabeçada de Ricardo Bueno.

Na volta do intervalo, o Santa Cruz continuou em cima e, depois de Grafite ter um gol anulado, buscou o empate aos 13 minutos. Ricardo Bueno invadiu a área e tirou de Luis Carlos com uma "cavadinha". O time goiano quase voltou a ficar na frente do placar quando Lourency tirou de Julio Cesar e só não completou porque Anderson Salles aliviou o perigo.

Os donos da casa se lançaram ao ataque nos minutos finais, mas o jogo terminou mesmo empatado. A torcida, irritada, vaiou muito. Uma pena para um time que ficou 21 rodadas dentro do G4 - a zona de acesso.

Os dois times voltam a campo neste sábado, pela 35.ª rodada. O Vila Nova enfrenta o Internacional, às 16h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, enquanto que o Santa Cruz terá pela frente o Boa, às 17h30, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 1 x 1 SANTA CRUZ

VILA NOVA - Luis Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón Filgueira; Geovane, PH, Alan Mineiro (Marcelinho) e Alípio (Fagner); Wallyson (Jenison) e Lourency. Técnico: Hemerson Maria.

SANTA CRUZ - Julio Cesar; Walber (Bruno Silva), Guilherme Mattis, Anderson Salles e Yuri; Wellington César, Thiago Primão (Lucas Gomes) e João Paulo; Bruno Paulo, André Luis (Grafite) e Ricardo Bueno. Técnico: Adriano Teixeira (auxiliar).

GOLS - Geovane, aos 33 minutos do primeiro tempo; Ricardo Bueno, aos 13 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Alemão e Marcelinho (Vila Nova); Bruno Paulo (Santa Cruz).

ÁRBITRO - Emerson de Almeida Ferreira (MG).

RENDA - R$ 33.985,00.

PÚBLICO - 3.461 pagantes (4.496 no total).

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.