Vila Nova fica no empate com Paysandu e perde chance de colar no G-4

Wallyson abre o placar para os goianos, mas Bergson iguala tudo na Curuzu

Estadão Conteúdo

03 Novembro 2017 | 23h38

O Vila Nova perdeu a chance de se aproximar da briga pelo G4 - a zona de acesso - da Série B do Campeonato Brasileiro. Pela 33.ª rodada, o time goiano ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Paysandu, no estádio da Curuzu, nesta sexta-feira, em Belém.

+ Internacional empata com o CRB e volta a ser vaiado no Beira-Rio

Com 42 pontos, o time da casa ocupa a 11.ª colocação e joga apenas para confirmar a permanência na Série B. A vantagem para o Luverdense, em 17.º e primeiro time dentro da zona do rebaixamento, é de três pontos. O Vila Nova, com 52, permanece na sexta posição, mas não conseguiu diminuir mais a diferença para o quarto colocado Paraná, que perdeu para o Oeste na rodada e ficou estacionado nos 56 pontos.

O jogo começou equilibrado, com chances de gol para os dois lados, e foi o visitante que soube aproveitar melhor as oportunidades. Aos 24 minutos, Alan Mineiro cobrou escanteio, o goleiro Emerson não conseguiu cortar e reclamou de empurrão, mas a jogada seguiu e Wallyon completou para o fundo das redes.

A resposta do Paysandu foi aos 37 minutos. Fábio Matos avançou pela direita, brigou pela bola, roubou de Wesley Matos próximo à linha de fundo e fez cruzamento na medida para Bergson completar para o gol.

Na segunda etapa, o jogo caiu de ritmo e passou a ficar mais amarrado, com muita disputa no meio de campo e excesso de faltas das duas equipes. Mesmo jogando fora de casa, era o Vila Nova que buscava a iniciativa ofensiva, enquanto que o Paysandu se fechava e apostava nos contragolpes. Mas a alta incidência de passes errados de ambos os times impediu que o placar fosse movimentado novamente.

Os dois times voltam a campo nesta terça-feira, quando serão disputados nove jogos da 34.ª rodada da Série B. O Vila Nova recebe o Santa Cruz no estádio Serra Dourada, em Goiânia, enquanto que o Paysandu enfrenta o Náutico, em Pernambuco.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU 1 x 1 VILA NOVA

PAYSANDU - Emerson; Ayrton, Perema, Diego Ivo e Guilherme Santos; Nando Carandina, Renato Augusto (Augusto Recife) e Fábio Matos (Diogo Oliveira); Juninho (Welinton Junior), Bergson e Caion. Técnico: Marquinhos Santos.

VILA NOVA - Luis Carlos; Anderson Luis, Alemão, Wesley Matos e Mateus Muller; Geovane, PH, Fagner e Alan Mineiro (Fernando Medeiros); Moisés (Tiago Adan) e Wallyson (Alípio). Técnico: Hemerson Maria.

GOLS - Wallyson, aos 24, e Bergson, aos 37 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Diego Ivo, Nando Carandina e Caion (Paysandu); Tiago Adan e Fagner (Vila Nova).

ÁRBITRO - Paulo Henrique Schleich Volkopf (MS).

RENDA - R$ 163.060,00.

PÚBLICO - 9.509 pagantes (10.939 no total).

LOCAL - Estádio da Curuzu, em Belém (PA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.