Vila Nova marca 1.º gol na Série B, mas perde do América-RN de virada: 3 a 1

Gol que acabou com o jejum de quase 600 minutos saiu dos pés de Cléber, que marcou contra

AE, Agência Estado

24 de maio de 2014 | 18h53

GOIÂNIA - O Vila Nova encerrou o jejum de quase 600 minutos sem marcar um gol, mas segue com a sina de não conseguir vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Com três gols na segunda etapa, o América-RN venceu os goianos, por 3 a 1, de virada, na tarde deste sábado, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela sétima rodada.

Por ironia do destino, o gol que acabou com o jejum não saiu dos pés de um jogador do time da casa, mas sim de um gol contra do zagueiro Cléber. Tento que não foi suficiente para tirar o Vila na lanterna, onde soma apenas um ponto. Os potiguares, por outro lado, encostaram nos primeiros, com dez pontos.

Após tanto tempo sem balançar as redes, o Vila finalmente conseguiu seu primeiro gol na Série B. E quis o destino que este gol não saísse dos pés de um jogador do clube goiano. O estreante atacante Dimba escapou pela direita e bateu cruzado. Cléber tentou cortar e jogou contra o próprio gol.

Na segunda etapa, porém, o América dominou e virou a partida, mesmo com a boa atuação do goleiro Cléber Alves. Aos 27 minutos, o arqueiro derrubou o atacante Adriano Pardal na área e o juiz deu pênalti. Na cobrança, aos 28 minutos, o atacante Max demonstrou muita frieza, bateu com categoria e não deu chances para o goleiro.

O Vila praticamente não teve tempo para assimilar o golpe. Isso porque aos 33 minutos, os visitantes viraram. Rodrigo Pimpão escapou em contragolpe pela direita e bateu colocado para superar Cléber Alves. No fim, os potiguares ainda marcaram o terceiro aos 44, após Rodrigo Pimpão fazer grande jogada e dar passe açucarado para Jéferson concluir.

Na próxima terça-feira, às 21h50, o Vila Nova volta a campo para enfrentar o Ceará, no Estádio Domingão, em Horizonte. Enquanto isso, o América-RN joga contra o Joinville, no mesmo dia, às 19h30, na Arena Joinville.

FICHA TÉCNICA:

VILA NOVA 1 x 3 AMÉRICA-RN

VILA NOVA - Cléber Alves; Arthur, Júlio César, Gabriel e Christiano; Jefferson, Radamés, Nenê Bonilha (Thiago Furlan) e Marcelo Toscano; Gustavinho (Léo Rodrigues) e Dimba (Hugo). Técnico: Waldemar Lemos.

AMÉRICA-RN - Fernando Henrique; Walber, Roberto Dias, Cléber e Wanderson; Dudu Lima (Rodrigo Pimpão), Jean Cléber, Fabinho e Daniel Costa (Jéferson); Max e Adriano Pardal. Técnico: Oliveira Canindé.

GOLS - Cléber (contra), aos 26 minutos do primeiro tempo. Max (pênalti), aos 28, Rodrigo Pimpão, aos 33 minutos, e Jéferson, aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Arthur, Gustavinho e Cléber Alves (Vila Nova); Max (América-RN).

ÁRBITRO - Edmar Campos da Encarnação (AM).

RENDA - R$ 16.115,00.

PÚBLICO - 1.264 pagantes.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BVila NovaAmérica-RN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.