Vila Nova pede e CBF muda jogo com o Vasco para o Mané Garrincha

Lanterna da Série B e em crise financeira, time goiano leva confronto com os cariocas para Brasília, no dia 19, para lucrar com a renda 

Estadão Conteúdo

11 de agosto de 2014 | 17h17

O Vila Nova pediu e o local da partida diante do Vasco, pela 17.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, foi novamente alterado. Em crise financeira, a diretoria goiana requisitou que a partida fosse levada para o Mané Garrincha, em Brasília, para arrecadar mais com a renda, e a CBF aceitou transferir a partida. A data (dia 19 de agosto) e o horário (21h50) do duelo foram mantidos.

Curiosamente, o próprio Vila Nova havia pedido na semana passada para que a partida fosse realizada no Estádio Bezerrão, também em Brasília, justamente com a esperança de arrecadar mais. Na última sexta-feira, a CBF chegou a anunciar o duelo para o estádio, mas decidiu acatar o novo pedido do clube goiano e mais uma vez mudou a sede, desta vez para uma das arenas utilizadas na Copa do Mundo.

O Vila Nova vive séria crise dentro e fora de campo. Se nos bastidores a equipe vem tendo muitas dificuldades financeiras, nas quatro linhas faz péssima campanha e é o lanterna da competição, com apenas cinco pontos, sete atrás da Portuguesa, penúltima colocada. Já o Vasco é o quinto, com 25 pontos, e segue na briga pelo acesso.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BVila NovaVascoCBF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.