Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vila Nova, Santo André e Avaí lutam para ficar no G-4

Com exceção do líder Corinthians e do Bragantino, que se enfrentam na quarta-feira, a 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B será toda disputada nesta terça. O trio do G-4, grupo de elite, tenta se reabilitar, enquanto a briga contra o rebaixamento fica ainda mais acirrada.Em Criciúma, o Vila Nova, assim como o time da casa, buscam a reabilitação e ambos apostam na experiência de seus atacantes, Túlio Maravilha e Jardel, respectivamente. Os goianos perderam para o Juventude, em Caxias do Sul, mas se mantiveram na vice-liderança, com 47 pontos, 11 a menos que o líder. De outro lado, o Criciúma perdeu para o Fortaleza e agora ocupa a 13.ª colocação, com 29.No ABC paulista, o Santo André tem uma parada dura contra a Ponte Preta. O time da casa empatou com o rival São Caetano e se manteve em terceiro lugar, com 47 pontos. A Ponte perdeu para o Corinthians e caiu para sétimo, com 40.Em Fortaleza, o Avaí terá que superar o Ceará para não correr riscos de sair do G-4. Com o empate, em casa, com o América-RN, o time catarinense se manteve em quarto lugar, com 46 pontos. Enquanto isso, o Ceará empatou com o Bahia e ficou na nona colocação, com 36.Em Barueri, o time da casa tenta passar pelo Brasiliense para ficar mais perto do acesso. É o sexto colocado, com 42 pontos, enquanto o Brasiliense bateu o rival Gama e segue na luta contra o rebaixamento, na 17.ª posição com 27.Confira os jogos da 27.ª rodada:Terça-feira19h30Barueri x BrasilienseParaná x América-RNCriciúma x Vila Nova20h30Santo André x Ponte PretaBahia x Juventude21h45Gama x São CaetanoMarília x CRBCeará x AvaíABC x FortalezaQuarta-feira22 horasCorinthians x Bragantino

AE, Agencia Estado

23 de setembro de 2008 | 08h03

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.