Aldo Carneiro/Pernambuco Press
Aldo Carneiro/Pernambuco Press

Vila Nova vence, joga Náutico para a lanterna e sobe para sexto lugar na Série B

Equipe goiana conquista posições na tabela, mas não tem mais chances de subir para a Série A

Estadão Conteúdo

18 Novembro 2017 | 19h58

O Vila Nova derrotou o Náutico neste sábado pelo placar de 2 a 1, em pleno estádio do Arruda, no Recife, pela 37.ª e penúltima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, acabou saindo da briga pelo acesso. O Paraná derrotou o CRB por 1 a 0 e acabou ficando com a quarta e última vaga. América-MG, Internacional e Ceará também subiram.

O resultado deixou o time goiano na sexta colocação, com 58 pontos. Final frustrante para um time que ficou dentro do G-4 - a zona de acesso - por 21 rodadas. Já o rebaixado Náutico acabou caindo para a lanterna, com 32 pontos.

O visitante entrou em campo ainda com possibilidade de conquistar o acesso. Por isso, foi para cima do Náutico e criou a primeira oportunidade logo aos 14 minutos. Ruan soltou o pé de longe e exigiu uma grande defesa do goleiro Busatto.

O arqueiro seguiu sendo uma pedra no sapato do Vila Nova. Ele voltou a brilhar no arremate de Geovane, operando um milagre. O Náutico só foi chegar um pouco antes do apito final, na bola parada. Henrique Ávila cobrou falta com perfeição e mandou na trave.

No segundo tempo, a pressão funcionou e o Vila Nova precisou de três minutos para abrir o placar. Jenison recebeu de Maguinho dentro da área, ajeitou com calma e chutou para o fundo das redes. A resposta veio com Aislan, que tentou de cabeça, mas parou na defesa do goleiro Luis Carlos.

O jogo ficou parelho com o decorrer do tempo e voltou a ganhar em emoção apenas aos 35 minutos. Cal Rodrigues cruzou na cabeça de Bruno Mota. O meia testou firme para deixar tudo igual no estádio do Arruda.

Mas a alegria do Náutico não durou muito. Aos 48 minutos, Maguinho foi derrubado dentro da área por Aislan: pênalti. Alan Mineiro foi para a cobrança e decretou a vitória do Vila Nova.

Na próxima rodada, a 38.ª e última da competição, o Náutico visita o também rebaixado Luverdense no próximo sábado, às 17h30 (de Brasília), no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT). No mesmo dia e horário, o Vila Nova recebe o Londrina no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 1 x 2 VILA NOVA

NÁUTICO - Busatto; Rafael Ribeiro, Aislan, Léo Carioca (Bruno Mota) e Henrique Ávila; Rafinha, Jobson (Amaral) e Renan Paulino; Leilson, Gerônimo e Iago (Cal Rodrigues). Técnico: Roberto Fernandes.

VILA NOVA - Luis Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón Filgueira; Geovane, Fagner, Mateus Anderson (Wallyson), Alan Mineiro e Ruan (Alípio); Jenison (Fernando Medeiros). Técnico: Hemerson Maria.

GOLS - Jenison, aos 3, Bruno Mota, aos 36, e Alan Mineiro (pênalti), aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fagner e Wallyson (Vila Nova).

ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha (RJ).

RENDA - R$ 2.250,00.

PÚBLICO - 119 pagantes (286 no total).

LOCAL - Estádio do Arruda, no Recife (PE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.