Divulgação/Dallas
Divulgação/Dallas

'Vilão' do Grêmio na Libertadores, Bressan é anunciado por time dos EUA

Zagueiro que falhou na Libertadores vai disputar a ligar norte-americana

Redação, O Estado de S.Paulo

21 Dezembro 2018 | 20h42

Considerado o principal responsável pela queda do Grêmio na Libertadores, o zagueiro Bressan teve sua saída do clube oficializada nesta sexta-feira. O jogador de 25 anos foi anunciado como reforço do FC Dallas, que disputa a Major League Soccer (MLS, principal liga norte-americana de futebol).

Bressan ficou marcado neste fim de ano pela queda do Grêmio nas semifinais da Libertadores. No confronto de volta contra o River Plate, na Arena, cometeu o pênalti que gerou o gol da virada dos argentinos e foi expulso no lance. Depois, não vestiu mais a camisa tricolor.

Apesar disso, o time dos Estados Unidos mostrou-se animado com a contratação. "Estamos empolgados por poder reforçar nossa defesa com um jogador versátil como o Bressan. Ele tem experiência nos principais estágios do futebol na América do Sul, e acreditamos que sua presença e habilidade técnica como defensor vão casar bem com o estilo de jogo da MLS", disse o presidente do FC Dallas, Dan Hunt.

Bressan foi revelado pelo Juventude e chegou ao Grêmio em 2013. Sem se firmar, foi emprestado ao Flamengo e ao Peñarol, antes de retornar em 2017. De lá para cá, conquistou a Libertadores de 2017, a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Gaúcho de 2018.

No novo time, Bressan atuará ao lado do lateral Marquinhos Pedroso, que também jogou pelo Grêmio, além do Figueirense. Ele reforçará a equipe que caiu na primeira rodada dos playoffs da MLS em 2018, para o Portland Timbers, após ficar na quarta posição da Conferência Oeste.

 

 

Mais conteúdo sobre:
GrêmioBressan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.