Villarreal vai à Uefa para receber por estragos de torcida russa

Time espanhol quer que o Zenit pague pelos problemas causados por torcedores em seu estádio nesta semana

EFE, EFE

22 de fevereiro de 2008 | 14h57

O Villarreal pedirá à Uefa que o Zenit São Petersburgo pague os prejuízos causados pelos torcedores do clube russo no estádio de El Madrigal, palco da partida entre as duas equipes pela Copa da Uefa. Os torcedores do Zenit destruíram cadeiras e estragaram parte da arquibancada norte do estádio. A diretoria estava preparada para receber 150 torcedores, mas o grupo acabou aumentando para 500 sem nenhum aviso de parte dos russos. Em campo, o Villarreal venceu a partida por 2 a 1, mas não avançou às oitavas por conta do gol fora de casa marcado pelos russos. Este tipo de pedido não é inédito: em outra situação como esta, a Uefa deu razão aos mandantes e pediu para que o clube de origem dos torcedores que tinham causado os estragos pagassem pelos prejuízos.

Tudo o que sabemos sobre:
VillarrealCopa da UefaviolênciaZenit

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.