Domenech Castelló/EFE
Domenech Castelló/EFE

Villarreal vence e passa Real Madrid; Valencia perde e segue em 3º no Espanhol

Equipe bate o Levante por 2 a 1, chega aos 34 pontos e sobe para a 4ª posição na tabela

Estadão Conteúdo

20 Janeiro 2018 | 20h34

Colocado sempre como grande postulante ao título do Campeonato Espanhol junto do rival Barcelona, o Real Madrid, mesmo sem jogar, perdeu mais uma posição na tabela e hoje corre risco até de ficar fora da Liga dos Campeões na próxima temporada, já que o Villarreal venceu o Levante por 2 a 1 neste sábado e ultrapassou o time de Cristiano Ronaldo e companhia.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Espanhol

O triunfo sobre o Levante, construído com gols de Manu Trigueros e do russo Cheryshev, fez com que Villarreal chegasse aos 34 pontos e subisse para a quarta posição, antes ocupada pelo Real, que agora é o quinto, mas pode recuperar a posição caso vença o Deportivo La Coruña neste domingo, no Santiago Bernabéu, em Madri.

Sem vencer há oito partidas, o Levante soma 18 pontos e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento. Pode entrar na zona da degola se o La Coruña derrotar o Real Madrid.

Também neste sábado, o Valencia não aproveitou o tropeço do Atlético de Madrid, que só empatou com o Girona dentro de casa, e foi derrotado pelo Las Palmas por 2 a 1, de virada, no estádio Gran Canária. Assim, segue em terceiro, com 40 pontos, a três do Atlético e a 11 do líder Barcelona, que vai jogar neste domingo.

Sant Mina até abriu o placar para o Valencia no início da partida, o que levava a crer que a equipe não teria problemas para vencer um dos times da zona de rebaixamento. No entanto, com um a menos - o zagueiro brasileiro Gabriel Paulista foi expulso no começo da segunda etapa -, o time não teve forças para segurar o resultado e acabou levando a virada.

Jonathan Viera e o argentino Jonathan Calleri marcaram os gols do Las Palmas, que agora soma 14 pontos, quatro atrás do primeiro time fora da zona da degola. Assim, apesar de ainda ser vice-lanterna, dá mostras de que pode reagir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.