Villas-Boas descarta retorno de Alex ao Chelsea

Mesmo com problemas de lesão no Chelsea, o técnico André Villas-Boas descartou o retorno do zagueiro Alex ao time inglês. O brasileiro e o atacante Nicolas Anelka foram afastados da equipe no início do mês e pediram para serem transferidos na janela de janeiro. O jogador francês já acertou sua ida para o futebol chinês.

AE, Agência Estado

26 de dezembro de 2011 | 10h52

Alex, por sua vez, segue com o futuro indefinido. Mas, mesmo com contrato ainda em vigor, o brasileiro não deverá entrar mais em campo pelo Chelsea. "Ele não vai mais jogar. Nós aceitamos seu pedido de transferência e não somos estúpidos. Não vou ligar para a ''emergência'' e pedir ajuda a jogadores que pediram para sair", afirmou o treinador.

Uma eventual convocação de Alex resolveria os problemas da desfalcada defesa do Chelsea. Villas-Boas cogitou improvisar Jose Bosingwa, Paulo Ferreira ou Oriol Romeu na zaga na partida desta segunda, contra o Fulham, antes de ter liberado David Luiz, recuperado de lesão.

"Vamos manter os nossos princípios e valores. Foi uma decisão que acreditamos ser boa para o clube. O pedido foi aceito. Então, vamos deixar o mercado aberto e tentar adaptar o time a situações como esta", reforçou o técnico, que tenta confirmar a reação do Chelsea, quarto colocado, na tabela do Inglês.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolChelseaVillas-BoasAlex

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.