Andrew Winning/Reuters
Andrew Winning/Reuters

Villas-Boas, do Tottenham, vê Bale 'muito em breve' no Real Madrid

Clubes negociam já há algum tempo e segundo a imprensa européia, time espanhol pode desembolsar fortuna por jogador

AE-AP, Agência Estado

28 de agosto de 2013 | 11h38

LONDRES - O técnico do Tottenham, Andre Villas-Boas, afirmou nesta quarta-feira que a transferência do meia-atacante Gareth Bale para o Real Madrid poderá ser confirmada "muito, muito em breve" pelos dois clubes.

O Real negocia há um bom tempo para contratar Bale e, segundo relatos da imprensa europeia, estaria disposto a pagar até US$ 134 milhões pelo jogador galês. E o clube madrilenho tem até a próxima segunda-feira, quando se fecha esta janela de transferências do futebol do Velho Continente, para acertar a contratação do atleta.

E Villas-Boas disse nesta quarta que o provável acordo entre os clubes deverá se tornar "a maior transferência do mundo do futebol", superando os 93 milhões de euros pagos justamente pelo Real Madrid ao Manchester United para contratar Cristiano Ronaldo, quatro anos atrás.

"No momento, os dois clubes estão conversando para delinear as decisões finais ou detalhes contratuais. Não tenho certeza de quanto tempo isso vai levar, mas isso pode acontecer muito, muito em breve", disse o comandante do Tottenham.

Essa foi a primeira vez que um representante do Tottenham reconhece publicamente que a iminente transferência, amplamente destacada pela imprensa europeia neste mês, está prestes a ser concluída.

Ao mesmo tempo em que já prepara para se despedir de Bale, Villas-Boas criticou o fato de o jogador ter faltado a um treino na última terça-feira e depois não comparecido a um treinamento desta quarta no Tottenham. "Se acontecer (a transferência), desejamos o melhor para ele, mas não aparecer aos treinos não é o comportamento correto", disse, lembrando que este tipo de atitude pode ser considerada passível de punição por parte do clube inglês.

CONVOCADO

No mesmo dia em que o Tottenham passou a admitir o adeus de sua estrela, Bale foi convocado para defender o País de Gales nos dois próximos jogos das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2014. Ele foi chamado depois de ter desfalcado a sua nação em amistoso contra a Irlanda, no último 14, por causa de uma lesão no pé sofrida durante a pré-temporada do Tottenham.

Os galeses irão enfrentar a Macedônia em 6 de setembro, em casa, quatro antes de encararem a Sérvia, longe de seus domínios, pelo qualificatório para o Mundial. Lesionado, Bale também ficou fora dos três primeiros jogos da equipe inglesa nesta temporada europeia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.