Paul White/AP Photo
Paul White/AP Photo

Vinicius Junior tem atuação decisiva e Real Madrid quebra jejum no Espanhol

Exaltado pela imprensa espanhola, brasileiro entrou aos 28 minutos do segundo tempo e participou dos dois gols da equipe sobre o Valladolid

Estadão Conteúdo

03 Novembro 2018 | 14h54

Vinicius Junior só entrou em campo aos 28 minutos do segundo tempo, quando o irregular Real Madrid apenas empatava com o Valladolid, diante de 68.050 torcedores em pleno estádio Santiago Bernabéu, na capital espanhola. Mas bastaram duas oportunidades para que o ex-flamenguista participasse dos dois gols que garantiram importante vitória para o atual campeão europeu.

Na primeira jogada, aos 37 minutos, o atacante brasileiro recebeu pelo lado esquerdo, passou pela marcação, invadiu a área e chutou. A finalização bateu em Kiko Olivas antes de entrar. Na prática, foi o primeiro gol do atacante brasileiro com a camisa da equipe espanhola. Mas a arbitragem acabou dando o gol para o zagueiro, no qual a bola desviou.

Não bastasse o gol, Vinicius Junior ainda deu assistência para Benzema, que sofreu pênalti aos 41 minutos. Com cavadinha, o zagueiro e capitão Sergio Ramos converteu: 2 a 0.

A boa participação de Vinicius Junior na partida pode aumentar a pressão para que o jogador atue com mais frequência no time principal do Real. Foi a estreia de Santiago Solari no comando do time, em substituição a Julen Lopetegui, demitido nesta semana, na esteira da goleada sofrida para o Barcelona por 5 a 1, no domingo passado.

Mais uma vez o Real Madrid foi uma equipe sem confiança, sem inspiração e vulnerável. O Valladolid, oitavo colocado, com 16 pontos, foi perigoso na primeira etapa e ainda mais no segundo tempo, quando Casemiro saiu para a entrada de Isco. Solari buscou um time mais ofensivo, mas propiciou espaços para o Valladolid explorar e por pouco não abrir o placar.

Apesar dos três pontos ganhos, o Real ocupa apenas a sexta colocação, com 17 pontos, quatro atrás do líder Barcelona, que ainda joga neste sábado, diante do Rayo Vallecano.

O Real voltou a vencer após cinco rodadas. O último triunfo fora diante do Espanyol, em 22 de setembro. Mas a equipe está muito longe de reviver os grandes momentos em que tinha Cristiano Ronaldo em grande forma.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.