Helvio Romero/Estadão - 30/1/13
Helvio Romero/Estadão - 30/1/13

Vinícius não quer ser poupado da partida contra o Sporting Cristal

Mesmo com dois cartões amarelos, atacante se coloca à disposição de Glison Kleina; Palmeiras já está classificado às oitavas

Gonçalo Júnior , O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2013 | 15h44

SÃO PAULO - Apesar de estar com dois cartões amarelos, o atacante Vinícius, destaque do Palmeiras na vitória por 1 a 0 que garantiu a classificação para a próxima fase da Libertadores, não quer ser poupado da partida desta quarta contra o Sporting Cristal pela última rodada da fase de grupos. Se ele levar outro cartão, será suspenso e ficará fora da primeira partida das oitavas de final.

 O Palmeiras já está classificado e depende de uma vitória para ser o primeiro colocado do grupo. “O Gilson Kleina veio falar comigo para saber se eu gostaria de ficar fora por causa do cartão, mas jogador quer sempre jogar. Estou à disposição”, diz o atacante, nesta terça-feira à tarde, em entrevista coletiva no Centro de Treinamento da Barra Funda.

Embora esteja disposto a atuar no jogo decisivo, Vinícius reconhece que o fato de estar com dois cartões deve mudar o seu jeito de jogar. “Tenho evitar ao máximo o cartão e, para isso, vou ficar atento em todos os lances e evitar qualquer discussão com os adversários ou o árbitro”.

Depois de sofrer várias críticas no início do ano, o atacante vive boa fase e se transformou em uma das principais do ataque palmeirense. Ele credita a volta por cima à confiança do treinador. Gilson Kleina chegou a declarar que não desistiria de Vinícius. “Eu precisava de uma sequência de jogos e devo isso ao Kleina. Preciso agradecer a confiança que ele depositou em mim”, diz o atacante de 20 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.