Viola estréia contra o Santa Cruz

O atacante Viola terá que controlar a ansiedade e esperar mais alguns dias para voltar a vestir a camisa do Santos. O técnico Geninho não o escalou para o amistoso que a equipe fará amanhã à tarde, contra o São Caetano, no ABC. A presença do atacante está garantida no jogo de estréia do Santos no Campeonato Brasileiro, na próxima quinta-feira, contra o Santa Cruz, na Vila Belmiro.Hoje, antes de ser definida a escalação para o amistoso, Viola dizia que estava pronto para jogar e com fome de bola. "Se o Geninho quiser, estou nessa." O treinador deu a entender que não pretende correr riscos escalando o atacante em um jogo-treino que, na previsão de Geninho, deve ser muito disputado. O São Caetano joga diante de sua torcida e também faz sua última apresentação antes de estrear no Brasileiro, quarta-feira, contra o Bahia, em Salvador. A preparação física de Viola vem recebendo atenção especial. "Preciso dele na melhor forma possível", disse Geninho. Já o volante Válber, com o peso um pouco acima do ideal, deve entrar em campo apenas na segunda ou terceira rodada da competição. O técnico definiu a equipe que joga contra o São Caetano, às 15h, no Estádio Anacleto Campanella, depois de um treino realizado de manhã, em Itu. Estão escalados Fábio Costa; Preto, Galván e Orestes; Russo, Paulo Almeida, Renato, Robert e Léo; Júlio César e André Dias. Esses jogadores e outros sete que ficarão no banco seguiram hoje à tarde de Sorocaba, onde a equipe estava concentrada desde terça-feira, para um hotel de São Bernardo do Campo. O restante do grupo, incluindo Viola, seguiu para Santos. Eles treinam amanhã de manhã na Vila Belmiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.