Violência e má pontaria marcam a vitória portuguesa

Portugal e México exageraram na vontade, e quem bateu mais acabou levando a melhor no duelo desta quarta-feira, em Gelsenkirchen, que definiu o Grupo D. Portugal, que venceu a partida por 2 a 1, fez 29 faltas, contra 18 do México. Em número de cartões, as duas equipes se equivaleram: Portugal levou quatro amarelos, contra três dos mexicanos, que tiveram um jogador expulso, o meia Pérez, que já tinha amarelo e simulou ter sofrido um pênalti no segundo tempo.A tensão, que predominou no segundo tempo, quando o México buscava desesperadamente o empate e corria o risco de ser alcançado por Angola, que batia o Irã por 1 a 0 mas ainda precisava melhorar o saldo de gols. Os jogadores trocaram empurrões e reclamaram muito do árbitro, o eslovaco Lubos Michel.Tanto nervosismo se refletiu na falta de pontaria das equipes, que arriscaram muitos chutes a gol, mas tiveram índice de acerto abaixo dos 50%: Portugal acertou apenas 5 de 11 finalizações, enquanto 6 dos 14 chutes mexicanos em direção ao gol de Ricardo tiveram o endereço certo. Uma das finalizações erradas foi o pênalti perdido por Bravo no início do segundo tempo: ele cobrou por cima do gol, à la Roberto Baggio na final de 1994.Na posse de bola, as duas equipes foram rigorosamente iguais, com 50% para cada lado. E, ao contrário do que normalmente ocorre, o atacante Fonseca, autor do gol mexicano, foi escolhido pela Fifa como o melhor jogador em campo - normalmente o prêmio é destinado a um jogador da seleção vencedora.Veja abaixo as estatísticas do jogo:Finalizações: Portugal, 11; México, 14 Finalizações certas: Portugal, 5; México, 6 Faltas cometidas: Portugal, 29; México, 18 Cartões amarelos: Portugal, 4; México, 3 Cartões vermelhos: Portugal, 0; México, 1 Escanteios: Portugal, 5; México, 2 Impedimentos: Portugal, 0; México, 3 Posse de bola: Portugal, 50%; México, 50% Melhor jogador da partida: Fonseca (México)(Com fifaworldcup.com)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.