Visitantes ficam perto de vaga na Liga dos Campeões

Mesmo jogando como visitantes no primeiro jogo da última fase eliminatória da Liga dos Campeões, Dínamo de Kiev (Ucrânia), Celtic (Escócia) e Cluj (Bélgica) ficaram perto da fase de grupo da principal competição interclubes da Europa. Nesta terça-feira, eles venceram seus jogos fora de casa e ficaram em vantagem para a volta. O Copenhague (Dinamarca) foi o único a triunfar em seus domínios na segunda leva de jogos desta terça.

AE, Agência Estado

21 de agosto de 2012 | 17h49

O resultado mais surpreendente aconteceu em Mönchengladbach. O Borussia, terceiro colocado no Campeonato Alemão do ano passado, brigando pelo título até as últimas rodadas, levou 3 a 1 do Dínamo de Kiev em casa, de virada. Ring abriu o placar, mas os ucranianos reverteram, com gols de Mikhaik, Yarmolenko e de Song (contra).

Na Suíça, também vitória de virada dos visitantes. O Basel saiu na frente com gol de Streller, mas o Cluj acabou vencendo por 2 a 1, chegando ao resultado com dois gols do senegalês Sougou.

Já na Suécia o Helsinborg foi mais ofensivo, procurou mais o gol, mas acabou não sendo páreo para o Celtic, que venceu por 2 a 0, com gols de Commons e Samaras, um em cada tempo.

O único resultado positivo para os donos da casa aconteceu na Dinamarca. O Copenhague venceu o Lille, da França, por 1 a 0, gol de Santin, e vai jogar por um empate na partida de volta, que, assim como dos outros confrontos, está marcada para quarta-feira da semana que vem.

Esta fase da Liga dos Campeões tem dez jogos, com os vencedores avançando à fase de grupos. Mais cedo, o Spartak de Moscou havia vencido, na Rússia, o Fenerbahce, por 2 a 1. Na quarta acontecem outras cinco partidas, com destaque para a Udinese visitando o Braga em Portugal e o Málaga recebendo o Panathinaikos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiga dos Campeões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.