Divulgação
Divulgação

Vítima de racismo em rede social, cruzeirense Allano desabafa

Atacante Allano lamentou a atitude de um internauta

Estadão Conteúdo

16 de outubro de 2015 | 17h24

O atacante Allano, do Cruzeiro, utilizou seu perfil no Instagram, nesta sexta-feira, para reclamar ter sido vítima de racismo em outra rede social, o Facebook. O jogador compartilhou a reprodução de uma postagem de um torcedor cruzeirense que escreveu: "Allano não comeu banana. Tá (sic) fraco".

"Em pleno século 21 ainda existem pessoas desta forma. Vejo muitas pessoas me mandarem mensagem dizendo para eu denunciar ele à polícia e tal, mas como vou fazer isso com um pobre coitado desse?", escreveu Allano.

 

O jogador continua: "Nem eu tenho coragem de fazer isso, porque (...) essa pessoa não pode nem ser chamada de animal, porque animal tem sentimentos. Como (pode) um homem desse, que pode ser um pai de família, dizer isso de uma pessoa (?) Só vou orar por essa alma e que Deus possa perdoá-lo, porque sinceramente fico triste em saber que isso acontece ainda", desabafou.

Allano, de 20 anos, chegou este ano ao elenco principal do Cruzeiro e vem ganhando oportunidades no time comandado por Mano Menezes. O garoto é titular da equipe, mas ainda não marcou nenhum gol.


Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroracismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.