Vitor Bueno admite que é dificíl esquecer tragédia e focar no Santos

Meia revelou ter amigos que faleceram na queda do avião

Estadão Conteúdo

01 de dezembro de 2016 | 19h38

Dois dias depois do trágico acidente com o elenco da Chapecoense, que matou 19 jogadores do clube de Chapecó (SC), o clima ainda é de luto no Santos. O elenco até treinou na tarde desta quinta-feira, mas, com o próximo jogo marcado apenas para o dia 11, domingo da semana que vem, na Vila Belmiro, os jogadores têm encontrado dificuldade para se concentrar.

“Muito difícil. Estamos tentando voltar a nossa rotina, mas a nossa cabeça ficou nessa tragédia que infelizmente aconteceu. Mas nós temos que seguir a nossa caminhada. Foram companheiros de trabalho que se foram. Eu, por exemplo, tinha amigos lá. Temos que orar para que Deus proteja os que ficaram”, comentou o meia Vitor Bueno, em declarações reproduzidas nesta quinta-feira pelo site oficial do Santos.

Com mais de uma semana para o seu próximo jogo, o Santos terá bastante tempo para voltar a pensar no seu objetivo para o duelo contra o rebaixado América-MG e, contando com um tropeço do Flamengo, terminar o campeonato em segundo lugar.

Para conquistar o vice-campeonato, que neste ano renderá uma expressiva premiação em relação a 2016, o Santos precisa derrotar o lanterna e torcer para a equipe rubro-negra no máximo empatar com o Atlético-PR, também no próximo dia 11, em Curitiba, na rodada final do Brasileirão.

“Esperamos terminar (o ano) com uma vitória. Ainda temos um objetivo no campeonato, brigamos pela segunda colocação. Então vamos brigar por isso e que seja especial como foi no ano passado, contra o Atlético-PR, quando marquei meu primeiro gol pelo Santos”, lembrou o meia, de 22 anos, que fez 10 gols pelo Santos na competição.

O Santos perdeu a condição de vice-líder do Brasileirão ao ser derrotado justamente para o Flamengo, no último domingo, no Maracanã, onde caiu por 2 a 0 e viu a equipe carioca chegar aos 70 pontos. Os santistas estão com 68 e, por possuírem uma vitória a mais do que os flamenguistas, conquistarão o vice-campeonato se terminarem a competição com a mesma pontuação dos rubro-negros.

Tudo o que sabemos sobre:
SantosChapecoenseChapecóSantosDeus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.