Vítor Saba elogia trabalho de base no Flamengo

Armador exaltou prática do clube carioca de fechar longos contratos com atletas ainda inexperientes

AE, Agência Estado

07 de dezembro de 2010 | 11h04

O jovem Vítor Saba, de apenas 20 anos, fez sua estreia como profissional no Flamengo nesta temporada. Contente com a companhia de outras promessas no elenco principal, o armador elogiou o trabalho de base do clube carioca, sobretudo pela prática de fechar longos contratos com atletas ainda inexperientes.

Veja também:

linkWillians admite que pode deixar Flamengo

Recentemente, Saba assinou por mais cinco temporadas com o Flamengo, assim como Diego Mauricio e Guilherme Negueba, outras duas jovens promessas do clube. Titular desde a chegada de Vanderlei Luxemburgo, Welinton tem contrato até 2014.

"É muito importante mesmo ter uma tranquilidade de cinco anos de contrato, porque nossa vida é muito instável, ainda mais na nossa idade, onde não se tem ainda muitas definições na carreira", explicou Saba.

"Assim, você consegue trabalhar com mais calma e acaba evoluindo com mais qualidade. Isso sem falar na valorização dada pelo clube, o que te deixa com o moral muito mais elevado", finalizou o meia, que pode também atuar na lateral-esquerda.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoVítor Saba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.