Nilton Fukuda / Estadão
Nilton Fukuda / Estadão

Vitória admite incômodo com jejum e promete foco para voltar a triunfar em casa

Último vitória da equipe em Salvador aconteceu há mais de dois meses

Estadão Conteúdo

19 de outubro de 2017 | 06h18

Triunfar novamente em casa. É essa a obsessão do Vitória para a partida desta quinta-feira contra o Atlético Paranaense, às 20 horas (de Brasília), no estádio Barradão, em Salvador, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Coritiba freia Cruzeiro, ganha por 1 a 0 e respira na luta contra o rebaixamento

Embora tenha reagido nas últimas rodadas, alcançado os 33 pontos e deixado a zona de rebaixamento, a equipe baiana vem de um incômodo jejum de vitórias em casa. Seu último triunfo ocorreu apenas em 2 de agosto - sobre a Ponte Preta, por 3 a 1. Desde então, foram três derrotas e um empate.

Resultados bem contrastantes com o desempenho longe de Salvador - sua última derrota aconteceu já no longínquo 16 de julho para o Palmeiras, por 4 a 2. São, a partir daí, sete jogos de invencibilidade, com impressionantes cinco vitórias e dois empates. Assim, embalado pela reação e mesmo sem contar com o goleiro Fernando Miguel, recuperando-se de lesão, o Vitória assegura que está pronto para encerrar o jejum.

"Essa é uma questão que está nos incomodando bastante. Todo mundo tem tocado muito nesse assunto. A gente tem conversado bastante, está ciente do que tem de fazer", explicou o meia Yago. "A gente tem que usar, sim, o que vem fazendo de melhor fora de casa, mas aqui se torna diferente porque somos mandantes, temos o apoio de nossa torcida. Sabemos que aqui somos fortes. Os últimos resultados não estão vindo, mas temos jogado bem".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.