Nilton Fukuda / Estadão
Nilton Fukuda / Estadão

Vitória admite incômodo com jejum e promete foco para voltar a triunfar em casa

Último vitória da equipe em Salvador aconteceu há mais de dois meses

Estadão Conteúdo

19 Outubro 2017 | 06h18

Triunfar novamente em casa. É essa a obsessão do Vitória para a partida desta quinta-feira contra o Atlético Paranaense, às 20 horas (de Brasília), no estádio Barradão, em Salvador, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Coritiba freia Cruzeiro, ganha por 1 a 0 e respira na luta contra o rebaixamento

Embora tenha reagido nas últimas rodadas, alcançado os 33 pontos e deixado a zona de rebaixamento, a equipe baiana vem de um incômodo jejum de vitórias em casa. Seu último triunfo ocorreu apenas em 2 de agosto - sobre a Ponte Preta, por 3 a 1. Desde então, foram três derrotas e um empate.

Resultados bem contrastantes com o desempenho longe de Salvador - sua última derrota aconteceu já no longínquo 16 de julho para o Palmeiras, por 4 a 2. São, a partir daí, sete jogos de invencibilidade, com impressionantes cinco vitórias e dois empates. Assim, embalado pela reação e mesmo sem contar com o goleiro Fernando Miguel, recuperando-se de lesão, o Vitória assegura que está pronto para encerrar o jejum.

"Essa é uma questão que está nos incomodando bastante. Todo mundo tem tocado muito nesse assunto. A gente tem conversado bastante, está ciente do que tem de fazer", explicou o meia Yago. "A gente tem que usar, sim, o que vem fazendo de melhor fora de casa, mas aqui se torna diferente porque somos mandantes, temos o apoio de nossa torcida. Sabemos que aqui somos fortes. Os últimos resultados não estão vindo, mas temos jogado bem".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.