EC Vitória
EC Vitória

Vitória anuncia demissão de Petkovic do cargo de diretor de futebol

Péssima fase no Campeonato Brasileiro fez mais uma vítima no clube

Estadão Conteúdo

24 de julho de 2017 | 21h22

A péssima fase do Vitória, que ocupa a 19.ª e penúltima colocação do Campeonato Brasileiro, fez mais uma vítima nesta segunda-feira. E desta vez sobrou para um ídolo do clube. Por meio de uma nota oficial em seu site, o clube baiano anunciou a demissão do sérvio Dejan Petkovic do cargo de diretor executivo de futebol.

O comunicado oficial é assinado pelo presidente em exercício Agenor Gordilho Neto, que agradece os serviços prestados pelo ex-jogador, que foi ídolo do clube nos anos 1990, quando Petkovic desembarcou no Brasil vindo do Real Madrid.

"O Esporte Clube Vitória está em meio a um processo geral de reestruturação interna coordenado pelo presidente em exercício Agenor Gordilho Neto. Com isso, o clube oficializa, nesta segunda-feira (24), o desligamento do Executivo de Futebol, Dejan Petkovic, a quem a instituição agradece pelos relevantes serviços prestados neste período em que trabalhou no rubro-negro baiano. Ex-jogador, Petkovic é um dos maiores ídolos da história do Vitória. O clube deseja boa sorte e sucesso na condução de sua carreira desta data em diante", afirmou a nota.

O trabalho de Petkovic no Vitória durou pouco mais de dois meses. Em maio, ele assumiu como diretor de futebol e acabou acumulando o cargo de treinador depois da demissão do técnico Argel Fucks no início do Campeonato Brasileiro por causa de tentativas frustradas de contratar um técnico naquela época. Foram quatro jogos nesta função.

Na metade de junho, Petkovic contratou o técnico Alexandre Gallo, que teve apenas 33% de aproveitamento e foi demitido na última semana, com o time dentro da zona de rebaixamento no Brasileirão. Dias depois, sobrou para o ídolo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPetkovicEsporte Clube Vitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.