Vitória bate lanterna Barueri e mantém liderança isolada

Nos 45 minutos iniciais do jogo desta terça-feira, no Estádio Barradão, em Salvador, o Vitória não foi nem sombra daquele time que encantou e conquistou o título simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Série B. O meia Pedro Ken chegou até perder um pênalti. Mas os donos da casa se recuperaram no segundo tempo e acabaram ganhando do lanterna Barueri por 1 a 0, em partida que marcou a abertura do returno.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2012 | 21h38

Com o resultado positivo em casa, graças ao gol de Michel aos 6 minutos da segunda etapa, o Vitória se manteve na liderança isolada da Série B, agora com 47 pontos. Enquanto isso, o Barueri amarga a lanterna, com apenas dez pontos somados em 20 rodadas.

Apesar da pressão da torcida no Barradão e da liderança do Vitória, foi o Barueri quem começou melhor. O clube paulista conseguiu três boas oportunidades. Uma com Marcelinho Paraíba e duas com Márcio Pit. Mas o goleiro Deola trabalhou bem e evitou o gol.

O Vitória só acordou aos 24 minutos, após Pedro Ken chutar a bola na rede pelo lado de fora. Aos 39, o árbitro Pablo dos Santos Alves marcou um pênalti duvidoso de André Luis em cima de Gilson. Na cobrança, o goleiro Fernando Leal segurou o chute de Pedro Ken e garantiu o 0 a 0 do primeiro tempo.

O pênalti perdido, porém, não afetou o Vitória. Na volta para a segunda etapa, o gol saiu logo aos 6 minutos. Na jogada, William roubou a bola e tocou para Michel, que só teve o trabalho de tocar na saída de Fernando Leal: 1 a 0.

O Vitória, ao contrário do que aconteceu na primeira etapa, dominou o segundo tempo. O clube da casa soube segurar o Barueri, criou oportunidades e, mesmo sem marcar outro gol, garantiu mais um triunfo na Série B.

Pela 21ª rodada, o líder Vitória irá a Natal encarar o América-RN no sábado. Um dia antes, o lanterna Barueri recebe o ASA.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 1 X 0 BARUERI

VITÓRIA - Deola; Nino Paraíba (Rodrigo Costa), Victor Ramos, Gabriel Paulista e Gilson; Uelliton, Michel (Fernando Bob), Pedro Ken e Willie (Tartá); Elton e William. Técnico - Paulo César Carpegiani.

BARUERI - Fernando Leal; Anderson Salles, Alex Lima, André Luis e Márcio Pit; Alê, Dionísio, Rafael Chorão (Tadeu) e Marcelinho Paraíba; Roger (Marcos Pimentel) e Henrique Dias (Roninho). Técnico - Evandro Guimarães.

GOL - Michel, aos 6 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pablo dos Santos Alves (ES).

CARTÕES AMARELOS - Fernando Bob (Vitória); André Luis e Roger (Barueri).

RENDA - R$ 179.330,00.

PÚBLICO - 13.299 torcedores.

LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BVitóriaBarueri

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.