Vitória bate líder Palmeiras e impede rival de disparar

O Palmeiras perdeu na tarde deste domingo uma grande chance de disparar na ponta da tabela do Campeonato Brasileiro. No Estádio do Barradão, em Salvador, foi derrotado pelo Vitória por 3 a 2 e só não deixou a liderança porque contou com uma bela contribuição do Internacional, que mesmo jogando em casa foi superado pelo Cruzeiro, também por 3 a 2.

RAFAEL VERGUEIRO, Agencia Estado

13 de setembro de 2009 | 18h21

Com os resultados da 24.ª rodada da competição, o time palmeirense ainda lidera com 44 pontos, contra 43 de Inter, segundo colocado, e São Paulo, terceiro. Já o Vitória, com 33 pontos, continua na zona intermediária da tabela de classificação, mas ao menos se afastou do rebaixamento.

O Palmeiras, que volta a perder após três confrontos de invencibilidade, sentiu muito a falta do suspenso Diego Souza na partida. Souza formou o meio-campo ao lado de Edmílson e Cleiton Xavier, mas claramente a equipe teve menos criatividade do que nos últimos jogos.

Para piorar a situação, o goleiro Marcos estava em dia pouco inspirado e falhou em pelo menos dois dos três gols dos baianos. Já Obina saiu lesionado ainda no primeiro tempo, mas foi bem substituído por Robert, que marcou os dois gols dos visitantes.

No Vitória, destaque para Neto Berola, que foi um tormento para a defesa palmeirense durante os 90 minutos e acabou sendo premiado com um gol. Os outros dois dos mandantes foram anotados por Uelliton e Derley.

Agora, o Palmeiras terá um bom tempo de folga no Brasileirão e só volta a entrar em campo no dia 23, quando pega o Cruzeiro no Mineirão. O Vitória, por sua vez, recebe o Inter no próximo sábado.

Ficha Técnica:

Vitória 3 x 2 Palmeiras

Vitória - Viáfara; Apodi, Wallace, Fábio Ferreira e Leandro; Uelliton, Vanderson, Leandro Domingues (Gil) e Ramón (Carlos Alberto); Neto Berola (Derlei) e Roger. Técnico: Vágner Mancini.

Palmeiras - Marcos; Maurício (Sandro Silva), Danilo e Marcão; Wendel (Ortigoza), Edmílson, Souza, Cleiton Xavier e Armero; Vágner Love e Obina (Robert). Técnico: Muricy Ramalho.

Gols - Uelliton, aos 19, e Robert, aos 40 minutos do primeiro tempo; Neto Berola, aos 26, Derlei, aos 39, e Robert, aos 43 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Danilo, Maurício e Robert (Palmeiras).

Árbitro - Sandro Ricci (DF).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio do Barradão, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.