Reprodução/Twitter/Vitória
Reprodução/Twitter/Vitória

Vitória bate Operário-PR com gol no fim e se livra do risco de rebaixamento

Thiago Carleto, aos 50 minutos do segundo tempo, garante o triunfo por 2 a 1

Redação, Estadão Conteúdo

19 de novembro de 2019 | 23h44

O sofrimento do Vitória chegou ao fim na Série B do Campeonato Brasileiro. O time baiano visitou nesta terça-feira o Operário-PR, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, pela 37ª e penúltima rodada, e venceu por 2 a 1, com um golaço de falta de Thiago Carleto no último lance.

O empate já seria suficiente para acabar com qualquer risco de rebaixamento do Vitória, já que a equipe chegaria aos 43 pontos, sete a mais do que o 17º Londrina, que só tem mais duas partidas pela frente. Como ganhou, o Vitória passou a somar 45 pontos, ocupando a 11ª colocação.

Para o Operário, a derrota não tem grande impacto. Ocupando a nona colocação com 49 pontos, o time paranaense já não tem mais risco de rebaixamento ou chances de acesso e apenas cumpre tabela na reta final de Série B.

O Vitória começou bem e abriu o placar em gol chorado aos 22 minutos. Léo Gomes finalizou três vezes no mesmo lance até marcar. Primeiro, ele chutou para defesa de André Luiz. No rebote, cabeceou na trave. E na terceira tentativa, dividiu com os zagueiros adversários para empurrar a bola às redes.

O Operário buscou o empate ainda antes do intervalo. No último minuto da primeira etapa, o lateral-esquerdo Allan Vieira cruzou rasteiro, mas a bola desviou em um adversário e foi parar no fundo do gol.

Na segunda etapa, o ritmo do jogo caiu e os dois times pareciam satisfeitos com o resultado, especialmente o Vitória, que se garantia na Série B com o empate. Mesmo assim, o time baiano ainda venceu com gol no último lance. Já aos 50 minutos da etapa final, o lateral Thiago Carleto cobrou falta com perfeição e estufou as redes para garantir o triunfo.

Os dois times voltam a campo em 30 de novembro, pela última rodada da Série B. O Operário enfrentará o Figueirense, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, enquanto o Criciúma vai à Arena Barueri encarar o Oeste.

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO 1 X 2 VITÓRIA

OPERÁRIO - André Luiz; Maílton (Jean Carlo), Lázaro, Alisson e Allan Vieira; Lennon, Índio, Marcelo e Cleyton (Rafael Chorão); Uiliam (Schumacher) e Lucas Batatinha. Técnico: Gerson Gusmão.

VITÓRIA - Martín Rodríguez; Van, Everton Sena, Ramon e Thiago Carleto; Baraka, Lucas Cândido e Léo Gomes; Eron (Felipe Garcia), Anselmo Ramon (Zé Ivaldo) e Wesley. Técnico: Geninho.

GOLS - Léo Gomes, aos 22, e Allan Vieira, aos 45 minutos do primeiro tempo; Thiago Carleto, aos 50 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Diego da Silva (SE).

CARTÕES AMARELOS - Maílton e Índio (Operário); Lucas Cândido, Léo Gomes e Eron (Vitória).

RENDA - R$ 40.475,00.

PÚBLICO - 3.536 pagantes (4.100 total).

LOCAL - Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.