Vitória chega ao bicampeonato baiano

O Vitória sagrou-se bicampeão baiano ao derrotar sem dificuldade a Catuense neste domingo à tarde, no estádio Barradão, por 4 a 1. É o 19.º título estadual do Vitória, que na sexta-feira havia conquistado também o esvaziado Torneio do Nordeste ao empatar com o Fluminense de Feira de Santana em 0 a 0. Este ano o Torneio do Nordeste não contou com as participações do Bahia e dos três principais clubes pernambucanos: o Sport, o Santa Cruz e o Náutico. Diante da Catuense, a equipe comandada pelo técnico Joel Santana passeou em campo. Zé Roberto fez 1 a 0 para o Vitória aos 3 minutos do primeiro tempo, antecipando a perspectiva de uma goleada. O zagueiro Marcelo Heleno ampliou para 2 a 0 aos 39 do primeiro tempo. O gol poderia ter fechado o "caixão" da Catuense já no primeiro tempo se Allan Delon, displicente, não tivesse desperdiçado um pênalti aos 42. Na segunda etapa, a reação da Catuense com o gol de Gustavo, aos 18 minutos, foi abafada imediatamente. Dois minutos depois, Almir, em cobrança de falta, fez 3 a 1 para o Vitória e Zé Roberto fechou a goleada aos 30, marcando 4 a 1. A nota negativa foi novamente a pouca presença de público no Barradão. Mesmo sabendo que o Vitória era franco favorito a chegar ao campeonato, a torcida não compareceu: menos de 8 mil pessoas assistiram a decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.