Divulgação
Divulgação

Vitória cola no líder Botafogo e impõe 10ª derrota seguida ao Boa

Baianos fazem 2 a 1 em casa e ficam um ponto atrás dos cariocas

Estadão Conteúdo

10 de outubro de 2015 | 19h02

O Vitória segue a passos largos na sua caminhada para retornar à elite do futebol brasileiro. Em partida válida pela 30.ª rodada da Série B, na tarde deste sábado, em Salvador, no Barradão, venceu o frágil Boa por 2 a 1, chegando aos 55 pontos, diminuindo para apenas um ponto a distância para o Botafogo, com 56, que tem um jogo a menos e lidera.

Elton e Escudero fizeram os gols do Vitória, num jogo que os baianos dominaram, mas perderam inúmeras chances. Esta é a sétima partida da série invicta do time, que somou a terceira vitória seguida e abriu sete pontos para o primeiro time fora do G4. Por sua vez, os mineiros permanecem com apenas 23, na vice-lanterna, acumulando 10 derrotas seguidas, sob grande risco de cair para a Série C, pois está a 11 pontos do primeiro time fora da zona de descenso.

Como era esperado, o Vitória foi com tudo para cima do fraco time do Boa no início do jogo e tentou de todo jeito balançar as redes. Não demorou muito para a pressão inicial surtir efeito. Aos nove minutos, o time abriu o placar. Após cruzamento do lado direito, Elton recebeu livre e só tocou para o gol. A defesa mineira parou pedindo impedimento.

O jogo era fácil para os baianos, que dominavam e criavam inúmeras chances. Em uma delas, aos 13, Kanu aproveitou cruzamento de Escudero e testou rente à trave. Aos 17 minutos, Rhayner bateu com força para defesa milagrosa de Douglas. O Boa estava totalmente apático em campo. Melhor para o Vitória, que perdia chances de ampliar o placar.

O filme do segundo tempo parecia o mesmo do primeiro, com os baianos em cima, pressionando, e os mineiros se defendendo como podiam. E, aos dez minutos, o Vitória conseguiu fazer o segundo após Raphael Silva colocar o braço na bola. Na cobrança do pênalti, Escudero bateu no canto e o goleiro Douglas rebateu. Mas Escudero pegou o rebote e conferiu: 2 a 0.

O segundo gol acordou o Boa, que aos 13 minutos descontou com Felipe Alves. O atacante recebeu na entrada da área e na saída de Gatito Fernandez bateu para o fundo das redes. Com o passar do tempo, o Vitória passou a administrar a boa vantagem, enquanto, o os mineiros tentavam na base do embalo chegar ao gol de empate.

O Vitória volta a jogar na próxima sexta-feira, contra o Paraná, em Curitiba, enquanto, o Boa atuará no mesmo dia, em Varginha, contra o Sampaio Corrêa.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 2 x 1 BOA

VITÓRIA - Gatito Fernandez; Diego Renan, Guilherme Mattis, Kanu e Euller; Amaral, Pedro Ken (Flávio), Rhayner (Jorge Wagner) e Escudero (David); Vander e Elton. Técnico - Vagner Mancini.

BOA - Douglas; Wendel (Jarlan), Raphael Silva, Everton Sena e Bruno Felipe; Léo Baiano, Jonatas Paulista (Tadeu), Moacir, Thaciano e Chapinha; Felipe Alves (Erick Luis). Técnico - Nedo Xavier.

GOLS - Elton, aos nove minutos do primeiro tempo. Escudero, aos 10, e Felipe Alves, aos 13 minutos do segundo.

ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (SC)

CARTÕES AMARELOS - Raphael Silva, Moacir, Bruno Felipe e Thaciano (Boa); Rhayner (Vitória)

RENDA - R$ 303.887,00

PÚBLICO - 14.585 presentes

LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA)

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BVitóriaBoa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.