Vitória do Fla tranqüiliza Parreira

A vitória do Flamengo sobre o Once Caldas por 4 a 1, a primeira na temporada, quarta-feira, no Maracanã, pela Taça Libertadores do América, poderá ajudar o Corinthians na partida de domingo, nesse mesmo estádio, pelo Torneio Rio-São Paulo. Na avaliação do técnico Carlos Alberto Parreira o resultado obtido pelo time carioca quebrou a ansiedade que envolvia o adversário em quebrar a série de fracassos. "Acho que agora eles virão mais sossegados contra nós", disse o treinador corintiano."Sinceramente, estava mesmo torcendo para que o Flamengo vencesse o jogo. Mas isso não significa que a partida será menos complicada, porque eles crescem em uma partida desse nível", alertou. A folga na tabela do meio de semana na Copa do Brasil ajudou o Corinthians a se preparar melhor para o jogo contra o Flamengo. Se o Alvinegro tivesse jogado na quarta-feira ou ainda hoje, Parreira não contaria com Deivid, Fabrício e Ricardinho. Os dois primeiros estavam se recuperando de problemas musculares, e o meia, com amigdalite, estava impedido de atuar. Mas domingo o treinador poderá repetir a escalação do time que enfrentou o Bangu.Parreira disse que a situação no Parque São Jorge está tranqüila, a ponto de fazer comparação com a Copa do Mundo de 1994. "Parece mesmo que estou na seleção. Naquele Mundial, não corremos nenhum risco."Justiça - O processo que Luís Mário move contra o Corinthians poderá ser julgado nesta sexta-feira na Justiça do Trabalho. O meia pede a liberação do clube do Parque São Jorge para se transferir novamente para o Grêmio. Já o Corinthians exige R$ 4,5 milhões de caução para liberar o atleta, além de uma indenização do jogador de R$ 5 milhões. Quanto a Luizão, o julgamento do processo deverá ocorrer na quarta-feira. Nesta quinta-feira, nasceu a filha do atacante, Yasmin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.