Divulgação
Divulgação

Vitória e Grêmio ficam no empate por 0 a 0 em Salvador

Equipe baiana marca 31 pontos e ocupa a sexta colocação; time gaúcho é o terceiro, com 39

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2013 | 23h01

SALVADOR - Vitória e Grêmio fizeram um jogo de poucas emoções neste sábado à noite, no Barradão, em Salvador. Com claros problemas na criação de jogadas, as duas equipes tiveram poucas chances ao longo da partida e, ao fim dos 90 minutos, o empate por 0 a 0, válido pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro, ficou de bom tamanho pelo que foi visto em campo.

O resultado deixou o Vitória na sexta colocação, com 31 pontos, enquanto o Grêmio ainda é o terceiro, com 39, mas pode ser ultrapassado pelo Atlético-PR no domingo. Na próxima rodada, os baianos terão pela frente o próprio Atlético-PR, domingo que vem, dia 29, no Durival Britto e Silva, em Curitiba. Já os gaúchos jogarão diante do São Paulo, no mesmo domingo, no Morumbi.

A partida começou bastante movimentada, com as duas equipes impondo bastante velocidade, criando bons momentos, mas errando no passe final. Depois de algumas tentativas frustradas do Vitória, como aos dez minutos, quando Marquinhos atrapalhou Dinei e perdeu, o Grêmio cresceu e respondeu. Aos 27, Pará foi à linha de fundo e cruzou, a bola passou por toda a área sem ninguém para tocar para o gol.

Mas a grande chance aconteceria aos 30 minutos. Riveros recebeu lançamento perfeito de Saimon, matou no peito e bateu, dentro da área. Wilson mostrou reflexo e salvou o Vitória. Aos 33, o time da casa respondeu em contra-ataque puxado por Juan. O lateral achou Renato Cajá dentro da área, mas o meia se atrapalhou e bateu mal, em cima de Dida.

Aos 36 minutos, Kleber recebeu enfiada de bola pela direita e rolou para o meio para Alex Telles marcar, mas a arbitragem já havia parado, marcando impedimento inexistente do atacante no primeiro lance, levando à loucura os jogadores gremistas no último bom momento do primeiro tempo.

O Vitória voltou melhor para o segundo tempo e teve um bom momento logo aos dois minutos, quando Marquinhos recebeu cruzamento de Juan e bateu fraco, para defesa de Dida. Insatisfeito, Renato Gaúcho colocou o Grêmio para frente, com a entrada do meia Elano na vaga do zagueiro Saimon, mas o time baiano seguiu melhor e perdeu nova boa oportunidade com Marquinhos, em chute colocado que exigiu grande defesa do goleiro gremista.

O segundo tempo era todo do Vitória, mas a equipe baiana tinha dificuldades para finalizar com qualidade e, com o tempo, o Grêmio conseguiu equilibrar um pouco as ações. Aos 29, Alemão, que havia acabado de entrar, recebeu na área, conseguiu achar espaço e bateu, mas seu companheiro Dinei atrapalhou, entrou na frente e bloqueou o chute. Daí em diante, o time baiano até tentou mais, mas sequer incomodou Dida.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 0 X 0 GRÊMIO

VITÓRIA - Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Luís Alberto (Edson Magal), Elizeu (Arthur Maia), Renato Cajá (Alemão) e Escudero; Marquinhos e Dinei. Técnico: Ney Franco.

GRÊMIO - Dida; Saimon (Elano), Rhodolfo e Bressan; Pará, Ramiro (Jean Deretti), Riveros, Souza e Alex Telles; Kleber e Barcos (Vargas). Técnico: Renato Gaúcho.

ÁRBITRO - Sandro Meira Ricci (Fifa/PE).

CARTÕES AMARELOS - Alemão (Vitória); Ramiro (Grêmio).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 13.378 torcedores.

LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVitóriaGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.