Vitória em Goiás mantém Portuguesa na luta por acesso

A Portuguesa definitivamente voltou à luta pelo acesso do Campeonato Brasileiro da Série B. Com um golaço do meia Marco Antônio, de falta, aos 46 minutos do segundo tempo, o time paulista venceu o Atlético Goianiense, por 1 a 0, neste sábado, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 30.ª rodada.

AE, Agencia Estado

17 de outubro de 2009 | 18h33

Esta importante vitória contra um concorrente direto recoloca a Lusa na sexta posição, com 48 pontos. Apenas três a menos que o quarto colocado, o Figueirense. Já os goianos deixaram de vez o G-4 e estão no quinto lugar, com 50. Esta foi a primeira derrota do Atlético em 15 jogos dentro de casa. Antes tinha 11 vitórias e três empates.

Os dois times fizeram uma partida bastante disputada. Na primeira parte, o time goiano dominou e teve a grande oportunidade de abrir o placar aos 27 minutos do primeiro tempo. O atacante Marcão invadiu a área e foi derrubado pelo lateral Fernandinho. Na cobrança do pênalti, o volante Róbston bateu e o goleiro Muriel fez grande defesa.

A penalidade desperdiçada parece ter acabado com a confiança dos donos da casa, que tiveram uma queda vertiginosa. A Portuguesa, então, cresceu e teve o controle do jogo a maior parte do tempo. Após a expulsão do zagueiro atleticano Jairo, aos 21 minutos, o que se viu foi um jogo de ataque contra defesa, tanto que os paulistas terminaram com 16 finalizações a gol, sendo 12 delas erradas. Nos acréscimos, porém, o meia Marco Antônio cobrou uma falta, quase sem ângulo, e encobriu o goleiro Márcio.

Na próxima terça-feira, às 21h50, o Atlético tenta acabar com o jejum de vitórias fora de casa contra o ameaçado Fortaleza, no estádio Castelão, na capital cearense. Já a Portuguesa joga contra outro concorrente direto, o Ceará, no mesmo dia, às 19h30, em Mogi Mirim.

Ficha técnica

Atlético-GO 0 x 1 Portuguesa

Atlético-GO - Márcio; Rafael Cruz, Leandro Amaro, Jairo e Chiquinho; Leandro Carvalho, Agenor, Róbston e Anaílson (Elias); Zulu (Gilson) e Marcão (Boka). Técnico: Artur Neto.

Portuguesa - Muriel; Thiago Gomes, Preto Costa e Domingos; Fernandinho (Kempes), Acleisson (Héverton), Ygor, Marco Antônio e Anderson Paim (Fabrício); Fellype Gabriel e Zé Carlos. Técnico: Vágner Benazzi.

Gol - Marco Antônio, aos 46 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Marcão, Chiquinho, Agenor e Leandro Amaro (Atlético-GO); Domingos, Acleisson, Muriel, Ygor e Kempes (Portuguesa).

Cartão vermelho - Jairo (Atlético-GO).

Árbitro - Luis Antônio Silva dos Santos (RJ).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.