Vitória empurra Macaé pra zona de rebaixamento e fica perto da elite

O Vitória vê a elite do futebol brasileiro cada vez mais perto. Com um belo gol do jovem Vander, o Vitória derrotou o Macaé, por 2 a 0, neste sábado, no Moacyrzão, pela 34.ª rodada da Série B.

Estadão Conteúdo

07 Novembro 2015 | 20h14

O resultado manteve o time baiano em terceiro lugar, com 60 pontos e cinco de vantagem para o primeiro time fora do G4. O Macaé, por outro lado, se complicou na luta pela permanência na segunda divisão. Entrou na zona de rebaixamento, em 17.º lugar, com 38 pontos, ficando atrás do Ceará, que tem a mesma pontuação, mas está à frente em razão do número de vitórias: 10 a 9.

Os dois times fizeram um primeiro tempo bastante movimentado, com muita velocidade e espaços para jogar. Aproveitando a liberdade, o Vitória abriu o placar aos nove minutos. Rafaelson ajeitou de cabeça e Vander, livre na intermediária, acertou belo chute.

Apostando muito na velocidade de seus atacantes, o Macaé foi para cima e criou boas chances para empatar. Primeiro em cabeçada perigosa de Pipico. Depois, carimbou a trave em finalização de Douglas Assis após rebote do goleiro Gatito Fernández.

O Macaé voltou dos vestiários e se atirou ao ataque para tentar o empate. Pipico fez jogada individual e bateu cruzado, mas carimbou o travessão. O Vitória tentou aproveitar os espaços deixados pelo adversário no campo de defesa. Empolgado, Vander fez grande jogada individual, passou por três marcadores e tentou por cobertura. A bola triscou na trave e foi para linha de fundo.

O jogo, que era aberto, ficou ainda mais emocionante depois da expulsão do goleiro Rafael, do Macaé. Após uma dividida dentro da pequena área, o camisa 1 foi tirar satisfação com Rafaelson após tomar um suposto pisão e deu um "rapa" no adversário.

Marcos Felipe, que entrou na vaga de Rafael, conseguiu evitar um estrago maior e fez um pequeno milagre depois que Rafaelson finalizou à queima-roupa, dentro da pequena área. O reserva roubou a cena nos minutos finais e fez outras duas grandes intervenções em finalizações de Elton e Rhayner. Aos 46 minutos, porém, ele foi driblado por Rhayner, em contra-ataque, e não conseguiu evitar o segundo gol do clube baiano.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira. O Macaé receberá o Náutico, às 19 horas, novamente no Moacyrzão, enquanto o Vitória faz duelo direto na luta pelo acesso contra o América-MG, no Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA:

MACAÉ 0 X 2 VITÓRIA

MACAÉ - Rafael; Ramon, Frauches e Douglas Assis (Romário); Igor Julião (Marcos Felipe), Gedeil, Fernando Neto, Juninho e Diego Corrêa; Anderson Manga (Murilo) e Pipico. Técnico: Josué Teixeira.

VITÓRIA - Gatito Fernández; Diogo Mateus, Ramon, Kanu e Diego Renan; Amaral, Pedro Ken (Jorge Wagner), Flávio e Rhayner; Vander (Pereira) e Rafaelson (Elton). Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Vander, aos nove minutos do primeiro tempo. Rhayner, aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodolpho Toski Marques (PR).

CARTÕES AMARELOS - Douglas Assis, Pipico e Diego Corrêa (Macaé); Rafaelson e Kanu (Vitória).

CARTÃO VERMELHO - Rafael (Macaé).

PÚBLICO e RENDA - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Moacyrzão, em Macaé (RJ)

Mais conteúdo sobre:
futebol Série B Macaé Vitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.