Mauricia da Mata/ EC Vitória
Mauricia da Mata/ EC Vitória

Vitória ganha a 1ª no Brasileirão, deixa lanterna e barra reação do Atlético-MG

Kieza e Neílton marcaram os gols do time baiano no Barradão

Estadão Conteúdo

11 de junho de 2017 | 18h42

O Atlético-MG manteve a sua má fase no Campeonato Brasileiro. O time alvinegro conheceu mais uma derrota, desta vez para o Vitória, por 2 a 0, no Barradão, em Salvador (BA), e segue no grupo dos últimos colocados da classificação. Os atleticanos continuam próximos à zona de rebaixamento, em 16º lugar, com seis pontos, um à frente do Avaí, o primeiro na degola. Já o time baiano deixou a lanterna da tabela ao ganhar pela primeira vez neste Brasileirão e chegou aos quatro pontos, em 18.º lugar.

Do time considerado titular, apenas Victor, Rafael Carioca, Elias, Robinho e Fred entraram em campo. Com diversos desfalques, o técnico Roger Machado ainda perdeu o lateral Alex Silva poucos minutos antes de a bola rolar. O jogador teve uma crise de bronquite e acabou cortado, dando lugar ao jovem Yago.

Com o time mineiro ainda se encontrando, o Vitória tentou assumir o controle da partida nos primeiros minutos e chegou com perigo aos nove minutos em jogada individual de Gabriel Xavier pela esquerda, que terminou com desarme preciso de Rafael Carioca.

Isolados, Robinho e Fred não tiveram o apoio necessário de Valdívia e Marlone e o ataque do produziu pouco. Em lance isolado, o Vitória abriu o placar aos 19 minutos. Kieza adiantou a bola, ganhou na corrida e acabou puxado por Erazo. A arbitragem marcou pênalti. O próprio centroavante baiano foi para a bola e não deu chances para Victor.

Diante da falta de criatividade do visitante, o Vitória ainda arrumou espaço para criar duas chances de perigo na primeira etapa. Primeiro em chute de fora da área de David, que obrigou Victor a fazer uma boa defesa. Em seguida, depois de cruzamento rasteiro, Gabriel Xavier apareceu para dividir com o goleiro atleticano, que mais uma fez levou vantagem.

O segundo tempo começou lento, com muitos erros para os dois lados. O Atlético-MG, porém, foi mais objetivo e perigoso. Logo aos nove minutos, Danilo recebeu de Robinho na entrada da área e finalizou. O árbitro Raphael Claus ficou na frente quase atrapalhando o jogador, que conseguiu finalizar. Com a ponta dos dedos, Fernando Miguel mandou para escanteio.

Logo em sequência, aos 18 minutos, Fred aproveitou falha na saída de bola do Vitória, balançou na frente da marcação e bateu colocado. A bola explodiu no travessão e foi para fora. Letal no contra-ataque, o Vitória ampliou o marcador no minuto seguinte. Neilton recebeu na intermediária, cortou para dentro, passando por Danilo, e finalizou tirando de Victor, marcando um belíssimo gol, aos 19 minutos.

O gol deixou o resultado bem encaminhado. No restante da partida, o Vitória segurou a bola no ataque, administrando o resultado, e o Atlético-MG apenas se defendeu, sem forças para buscar outro resultado.

As equipes voltam a campo na quarta-feira às 19h30. O Vitória recebe o Botafogo, novamente no Barradão, enquanto o Atlético-MG encara o Atlético-PR, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 2 X 0 ATLÉTICO-MG

VITÓRIA - Fernando Miguel; Leandro Salino, Fred, Kanu e Thallyson; Willian Farias, Uillian Correia (René) e Gabriel Xavier (Cleiton Xavier); David, Kieza e Neílton (Paulinho). Técnico: Alexandre Gallo.

ATLÉTICO-MG - Victor; Yago (Ralph), Felipe Santana, Erazo e Danilo Barcelos; Elias, Rafael Carioca, Valdívia (Otero) e Marlone (Capixaba); Robinho e Fred. Técnico: Roger Machado.

GOLS - Kieza, aos 19 minutos do primeiro tempo. Neilton, aos 19 do segundo.

ÁRBITRO - Raphael Claus (SP).

CARTÕES AMARELOS - William Farias e Paulinho (Vitória); Erazo e Ralph (Atlético-MG).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Tudo o que sabemos sobre:
Atlético-MGVitóriafutebolVitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.