Vitória ganha do Sport e lidera Brasileirão

O Vitória derrotou o Sport por 1 a 0, na noite deste domingo, no Estádio Barradão, em Salvador. Com isso, a equipe baiana manteve o aproveitamento 100%, com seis pontos, e lidera o Campeonato Brasileiro ao lado do Internacional.

ELIANA LIMA, Agencia Estado

17 de maio de 2009 | 20h46

O resultado positivo e a liderança no Brasileirão dão motivação para o Vitória encarar o Vasco na quarta-feira, em Salvador, pelas quartas de final da Copa do Brasil, quando precisa reverter a derrota por 4 a 0 no Rio.

Já o Sport segue com apenas um ponto no Brasileirão, ainda abalado pela frustração de ter sido eliminado nas oitavas de final da Libertadores - caiu diante do Palmeiras, na semana passada, em plena Ilha do Retiro.

No jogo deste domingo, o Vitória fez valer o mando de campo. Assim, chegou a marcou um gol logo aos seis minutos, com o atacante Neto Baiano, mas o árbitro anulou o lance, marcando impedimento na jogada do time baiano.

Depois, aos 33 minutos, Neto Baiano voltou a marcar. Dessa vez, a jogada valeu, o que garantiu o resultado positivo do Vitória. O Sport ainda tentou reagir, mas não teve forças para conseguir ao menos o empate no Barradão.

FICHA TÉCNICA:

Vitória 1 x 0 Sport

Vitória - Viáfara; Bosco, Wallace, Victor Ramos e Robson; Uelliton (Gil), Magal, Leandro Domingues, Ramon (Adriano) e Jackson (Marco Aurélio); Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Sport - Magrão; César Lucena, Igor e Durval (Sandro Goiano); Jonas (Welton), Hamilton, Andrade, Luciano Henrique e Dutra; Paulo Baier (Vandinho) e Wilson. Técnico: Nelsinho Baptista.

Gol - Neto Baiano, aos 33 minutos do primeiro tempo.

Árbitro - Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL).

Cartão amarelo - Jonas, Durval, Luciano Henrique, Ramon, Adriano e Magal.

Cartão vermelho - Magal.

Renda - R$ 91.820,00.

Público - 4.588 pessoas.

Local - Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.