Vitória goleia Paraná por 6 a 1

O Vitória pegou o Paraná e aplicou uma goleada acachapante por 6 a 1, neste domingo à tarde no Estádio Barradão. Os jogadores e torcedores do Vitória não esperavam tanta facilidade na defesa de num time que havia estreado vencendo o Santos por 3 a 2. Foi uma daquelas tardes em que dá tudo certo para um time e tudo errado para o outro. Precisando de um bom resultado para se reabilitar da derrota na estréia diante do São Caetano, o Vitória partiu para o ataque desde o inicio e teve a sorte de contar com a tarde inspirada de três atacantes, Cléber, Obina e Edílson. O trio envolveu a zaga do Paraná a partir dos 28 minutos, quando Cléber lançou Obina que ganhou na corrida da zaga e fuzilou para as redes, fazendo 1 a 0. No minuto seguinte Obina atraiu os marcadores para a direita cruzou para a área, Edílson deixou passar para Cléber livre marcar 2 a 0. Os paranaenses estavam tão apavorados que aos 32, o lateral Cláudio jogou para fora um pênalti que poderia representar a reação da equipe de Curitiba. O erro foi punido com rigor: Xavier de fora da área fez 3 a 0, numa falha do goleiro Flávio e aos 44 Edílson marcou 4 a 0 depois de receber livre na área, lançamento de Cléber. O técnico Paulo Campos tentou evitar "tragédia" maior, reforçando a defesa no intervalo colocando o meia Goiano no lugar do atacante Adriano. Mas não teve jeito: Edílson novamente livre na área ampliou de cabeça para 5 a 0, logo aos 6 minutos do segundo tempo. O Paraná nem teve tempo de "curtir" o gol de honra que Fernando fez de falta aos 32. No minuto seguinte Leandro Domingues marcou 6 a 1 para a equipe baiana, fechando a goleada.

Agencia Estado,

25 de abril de 2004 | 19h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.