Vitória joga com o time completo contra o Corinthians

Depois de enfrentar o Atlético Mineiro cheio de desfalques, sobretudo na defesa - os três zagueiros titulares estavam suspensos e o reserva, contundido, por exemplo -, o Vitória viajou para São Paulo com a perspectiva de ter força máxima para enfrentar o Corinthians, nesta quinta-feira, às 21 horas, no Pacaembu, pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

TIAGO DÉCIMO, Agencia Estado

23 de julho de 2009 | 07h57

A única dúvida da equipe, que busca pelo menos a manutenção de sua posição no G-4 - é a quarta colocada na competição, com 21 pontos -, é o meia Leandro Domingues, que sente dores no joelho. Sua participação no jogo será decidida apenas nesta quinta. Caso fique de fora, o provável substituto é Ramon Menezes.

O técnico da equipe, Paulo César Carpegiani, promoveu nesta quarta o último treinamento antes do jogo. Não escondeu a equipe titular, que vai contar com o retorno dos zagueiros Anderson Martins, Wallace e Victor Ramos. A equipe treinou sobretudo jogadas de bola parada e posicionamento para roubadas de bola seguidas de contra-ataques.

O volante Vanderson, que cumpria três jogos de suspensão por causa de uma expulsão contra o Flamengo, parece ter perdido o lugar para Magal, que atuou bem nas últimas rodadas, na avaliação de Carpegiani. "Agora é melhorar ainda mais para consolidar a posição", comemorou o jogador, antes do embarque. Ele forma a dupla de volantes com Uellinton, uma das revelações do clube na temporada.

O atacante Roger, um dos artilheiros do campeonato com oito gols, chegou a ser dúvida para o jogo por causa de uma infecção no aparelho digestivo, mas foi liberado para a partida. Ele não escondeu ser fã de Ronaldo - e disse querer abraçá-lo nesta quinta. "Vai ser emocionante jogar contra ele", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroVitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.