Vitória melhora sua situação ao vencer

Os três pontos obtidos de virada, nesta terça-feira à noite do Estádio Barradão, melhoraram a situação do Vitória, que chegou aos 43 pontos ao bater o Atlético-MG por 2 a 1. Com o resultado a equipe baiana ultrapassou o Galo (que tem 42 pontos) na tabela. Os dois times são concorrentes diretos para escapar do rebaixamento.O Atlético Mineiro, completamente recuado, apostando apenas nos lampejos do criativo Rubens Cardoso no ataque, permitiu ao Vitória dominar o jogo, sem precisar se preocupar com o setor mais frágil do time, a defesa, a mais vazada do campeonato. Alan Delon, Obina e Edílson chegavam fácil na área do Galo, mas não concluíam com eficiência e isso começou a preocupar os torcedores que pareciam prever o pior. E o pior ocorreu aos 43 quando Rubens Cardoso fez jogada de ponta pela esquerda cruzou para área onde três defensores do Vitória não cortaram a bola e Vagner não desperdiçou, abrindo o placar.O segundo tempo tomava ares de pesadelo para o time baiano, pois parecia evidente que Mário Sérgio iria fechar mais ainda o Atlético-MG. Contudo, o Vitória empatou logo no início da etapa final, através de um chute cruzado do lateral Sandro que aproveitou um rebote aos 4 minutos.O time mineiro percebeu a fragilidade da defesa baiana e ao invés de tentar segurar o empate partiu para vencer a partida. Aos 19 Rubens Cardoso, que jogava com facilidade, penetrou pela ponta esquerda e com um chute direto quase desempata. Aos 22, após novo ataque de Rubens Cardoso, o Atlético obteve um escanteio e na cobrança Alex Mineiro de cabeça acertou a trave de Juninho. O Vitória melhorou após Evaristo de Macedo colocar em campo Leandro Domingues e Magnum. Aos 30, Magnum fez uma boa jogada no setor direito do campo lançou para Edílson que ajeitou para Leandro Domingues fazer 2 a 1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.