Mario Ruiz/EFE
Mario Ruiz/EFE

Vitória no Chile anima São Paulo para o resto da temporada

Jogadores acreditam que espírito de luta demonstrado contra o Huachipato pode levar time aos títulos da Sul-Americana e Brasileiro

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

17 de outubro de 2014 | 07h00

A superação do time na vitória sobre o Huachipato, que garantiu a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana, injetou novo ânimo no São Paulo para o restante da temporada. Apesar dos sete pontos de distância para o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro, o elenco passou a acreditar também na conquista nacional e planeja uma reta final 'perfeita' para tentar se recuperar.

"Essa vitória mostrou a dedicação de todo mundo. Nos dois jogos tivemos jogador expulso mais ou menos no mesmo tempo. Fazia tempo que não via reações assim", elogiou Rogério Ceni, que se aposenta no fim do ano e tenta ao menos mais um título na carreira antes do adeus definitivo.

A confiança voltou ao elenco depois da derrota no fim de semana para o Atlético-MG, que não só impediu o Tricolor de se aproximar do Cruzeiro como permitiu a ultrapassagem do Inter, que agora tem 50 pontos, um a mais que a equipe de Muricy Ramalho.

"A vitória nos dá moral para voltar a lutar no Brasileiro. São dois torneios importantes, mas o aspecto físico atrapalha", lamentou o treinador, que voltou a criticar a CBF pela marcação do duelo contra o Bahia neste sábado, às 18h30, no Morumbi. O Tricolor desembarcou no Brasil à noite e hoje já se reapresenta para fazer a única atividade antes do compromisso. " Infelizmente, o futebol brasileiro fora de campo é muito desorganizado."

PATO PREOCUPA

O atacante será reavaliado nessa sexta após deixar o jogo ainda no primeiro tempo com uma fisgada na coxa esquerda. Os médicos ainda não traçaram um diagnóstico e esperam o resultado dos exames para saber se ele terá condições ou não de enfrentar. "A dor já melhorou bastante, agora é tratar porque quero estar em campo no sábado para ajudar a equipe."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.