Vitória promete atacar para derrotar o Internacional

O técnico do Vitória, Paulo César Carpegiani, colocará o time em campo neste domingo, às 18h30, contra o Internacional, líder do Campeonato Brasileiro com 13 pontos, para ganhar. Empate, nem pensar. Para o treinador, só serve um resultado que ratifique o nome do clube. A partida, válida pela sexta rodada do Brasileirão será no estádio Beira-Rio.

ELIANA LIMA, Agencia Estado

14 de junho de 2009 | 08h13

Alguns atletas titulares que apresentaram problemas ao longo da semana se representaram a Carpegiani e estarão em campo. Willian, que ficou de fora na partida contra o Palmeiras, porque pertence à equipe paulista, reassume a lateral esquerda no lugar de Robinho.

Anderson Martins, que estava licenciado para se casar em Fortaleza, seguiu em voo separado direto para a capital gaúcha, onde se incorporou à equipe titular na sexta. O goleiro Viáfara e o volante Vanderson, que foram poupados das últimas atividades de preparação na Bahia, também já estão habilitados para o duelo contra o Internacional.

Carpegiani decidiu dar uma chance ao centroavante Neto Berola, de 21 anos - vice-artilheiro do Campeonato Baiano com 13 gols. Pela primeira vez o jovem atleta integrará o grupo reserva.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroVitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.