Vitória recebe o Vasco em sua 500ª partida no Barradão

O Vitória espera conseguir um triunfo contra o Vasco, neste sábado, às 16 horas, no Barradão, não apenas para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro - no qual ocupa a 17ª posição, com 34 pontos. A partida marca, também, o jogo oficial de número 500 do time em seu estádio, o Barradão, inaugurado em 11 de novembro de 1986.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

30 de outubro de 2010 | 08h26

O retrospecto em casa favorece a equipe baiana: nos 499 jogos disputados, o Vitória obteve 315 triunfos, empatou 104 partidas e perdeu 80.

Contando com a pressão dos torcedores, o técnico Antônio Lopes deve escalar uma formação ofensiva para a partida. Um dos destaques do time na temporada, o lateral-esquerdo Egídio está recuperado de uma lesão no púbis e está de volta. Outro que retorna é o meia-atacante

Elkeson, que ocupa a vaga deixada pelo volante Bida, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Outro suspenso, o lateral direito Nino, dá lugar a Jonas.

A única dúvida de Lopes está no ataque, entre a velocidade de Adaílton e o maior poder de finalização de Henrique. Um dos dois fará companhia ao artilheiro Júnior.

E a maior preocupação dos jogadores é com o calor: será a primeira partida realizada durante a tarde, em Salvador, depois do início do horário de verão (não adotado na Bahia). Treinamos

no horário do jogo e o calor complica mesmo", admite Henrique.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroVitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.