Vitória tem 2 desfalques importantes para ficar no G4

Após dois jogos seguidos em casa, o Vitória conseguiu seu objetivo de voltar ao G4 do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo contra a Portuguesa, por 2 a 1 no domingo, e o empate com o Fluminense, por 1 a 1 na quarta-feira, o time baiano chegou a 19 pontos, na quarta posição. Agora, porém, o desafio tende a ser ainda mais complicado.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

11 de agosto de 2013 | 08h05

Neste domingo, o Vitória enfrenta o Corinthians, a partir das 16 horas, no Pacaembu, em São Paulo. Para piorar a situação, o time baiano não terá dois de seus titulares do ataque, ambos afastados por lesões.

O meia argentino Escudero, que havia sentido dores na coxa direita na partida contra o Fluminense, foi vetado preventivamente pelos médicos do clube. Em situação pior, porém, está o atacante Dinei. Um exame detectou um edema na parte posterior da coxa direita, fazendo com que ele desfalque o time por pelo menos duas rodadas.

O técnico Caio Júnior não confirmou os substitutos, mas o meia Renato Cajá, que havia perdido a vaga para Camacho, deve voltar à equipe titular na vaga de Escudero. Para substituir Dinei, ele dá sinais que o jovem Rômulo fará companhia ao argentino Maxi Biancucchi, o artilheiro do campeonato (ao lado de William, da Ponte Preta), com oito gols.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.