Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vitória vai enfrentar Flamengo no Barradão

O Vitória poderá realizar a primeira partida pela semifinal de Copa do Brasil, no Estádio Barradão, no dia 9 de junho, após ter tido seu recurso acatado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Além obter êxito em seu objetivo, o clube baiano ainda foi beneficiado pela decisão do tribunal de indiciar o técnico Abel Braga, do Flamengo, seu oponente à vaga na final, por "declarações desrespeitosas" aos auditores da instituição. Por 6 votos a 1, a instância máxima do tribunal considerou o Vitória inocente no episódio em que um torcedor arremessou uma garrafa plástica, durante a partida contra o Internacional, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Os auditores entenderam que o objeto não causou "qualquer tipo de gravidade" e não foi jogado com o objetivo de atingir alguém e, por isso, optaram por absolvê-lo. "Vimos que o objeto arremessado não causou gravidade à partida", disse o presidente do STJD, Luiz Zveiter. "Entendemos que o ato do torcedor, neste caso, não deveria penalizar o clube." Sobre o técnico do Flamengo, o presidente do STJD determinou que a procuradoria do tribunal o investigasse por causa de supostas "declarações desrespeitosas" aos auditores. Agora, Abel, que foi havia sido suspenso por 30 dias pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) e estava sendo beneficiado por um efeito suspensivo, deverá perder a regalia. Além disso, o técnico do Flamengo ainda poderá ser denunciado pela procuradoria do STJD no art. nº 188 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e ser suspenso novamente por um período entre 60 dias e 360 dias, por possivelmente ter desrespeitado o tribunal. O advogado rubro-negro Newton Bittar já considerou a possibilidade de Abel retratar-se publicamente, com o objetivo de livrá-lo da uma nova condenação. Seleção - O presidente do STJD ainda concedeu na noite desta quinta-feira um efeito suspensivo para o zagueiro Cris, do Cruzeiro, e o goleiro Eduardo, que brigaram após a decisão do Campeonato Mineiro e foram suspensos pelo TJD-MG. Como ambos os clubes recorreram ao STJD, os dois jogadores foram beneficiados. Com a liberação, o zagueiro cruzeirense poderá atuar normalmente pela seleção brasileira nas partidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006, contra a Argentina, em Belo Horizonte, quarta-feira, e o Chile, em Santiago, no dia 6.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.