Divulgação
Divulgação

Vitória bate Luverdense e garante o retorno à elite do Brasileiro

Rebaixado em 2014, time baiano volta após ganhar por 3 a 0

Estadão Conteúdo

21 de novembro de 2015 | 20h18

O Vitória está de volta à elite do futebol brasileiro. Depois de cair para a Série B no ano passado, o clube deu a volta por cima e, jogando nesta tarde de sábado, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), venceu o Luverdense por 3 a 0 e confirmou seu acesso à Série A de 2016. Escudero, de falta, Kanu e Élton marcaram os gols baianos para a alegria de um ótimo público na Arena Fonte Nova, superior a 41 mil pagantes.

Com casa cheia, a festa começou mesmo antes do jogo, com a vibração da torcida rubro-negro. O primeiro tempo terminou zero a zero, o que deixou todos apreensivos. No intervalo, porém, a cantora Ivete Sangalo, que torce para o Vitória, fez um show e incendiou o público. Parece que também fez o mesmo com o time, que marcou seus três gols.

Com o resultado o Vitória foi a 66 pontos, permaneceu na segunda colocação e não pode mais ser alcançado pelo quinto colocado, o Bragantino, que chegou aos 60. O jogo da festa será fora da capital baiana, já que o time volta a campo fechando a competição somente no próximo sábado, às 17h30, em Recife, quando pega o Santa Cruz, que também garantiu o acesso nesta rodada. No mesmo dia e horário, o Luverdense, que permaneceu com 51 pontos e caiu uma posição na classificação, ficando agora em 12.º lugar, enfrenta o Mogi Mirim no estádio Passo da Ema, em Lucas do Rio Verde-MT.

O JOGO

O Vitória começou a partida tentando marcar logo um gol e liquidar a fatura para sacramentar o acesso. Mas esbarrou no ótimo posicionamento do sistema defensivo do Luverdense.

O time baiano voltou para a segunda etapa com tudo e nos primeiros seis minutos quase marcou duas vezes. Na primeira, Gabriel leite fez milagre após cabeceio de Guilherme Mattis. E na segunda, Everton acertou a trave do goleiro mato-grossense. De tanto tentar, os baianos conseguiram abrir o marcador aos 15 minutos com Escudero batendo falta. O gol motivou os jogadores e quatro minutos depois, Kanu ampliou. O torcedor já comemorava o acesso quando Élton aumentou o placar e a alegria dos baianos aos 25 minutos.

Depois disso, o Luverdense se entregou de vez e o Vitória quase marcou mais um com Guilherme Mattis no finalzinho do jogo. Em seguida, foi só esperar os minutos finais passarem para fazer a festa do retorno à Série A com o torcedor.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA-BA 3 x 0 LUVERDENSE -MT

VITÓRIA - Gatito Fernández (Fernando Miguel); Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Kanu e Diego Renan; Amaral (Jorge Wagner), Pedro Ken, Rhayner e Escudero; Elton e Vander (Yan). Técnico - Wagner Mancini.

LUVERDENSE - Gabriel Leite; Gabriel Passos, Luiz Otávio, Everton e Paulinho; Muralha (Júlio Terceiro), Alípio (Rafael Silva) e Osman; Diego Rosa, Lucas Fernandes e Assuério (Adriano da Matta). Técnico - Júnior Rocha.

ÁRBITRO - Héber Roberto Lopes (SC).

GOLS - Escudero, de falta, aos 15, Kanu aos 19 e Élton aos 25 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Vander (Vitória); Osman, Luiz Otávio e Everton (Luverdense).

PÚBLICO - 41.348 pagantes.

RENDA - R$ 1.537.956,00.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BVitóriaLuverdense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.