Felipe Oliveira/AFP
Felipe Oliveira/AFP

Vitória vira em cima do Coritiba em quatro minutos na estreia pela Sul-Americana

Time baiano venceu por 2 a 1 na Fonte Nova

Estadão Conteúdo

25 Agosto 2016 | 23h49

A estreia de Vitória e Coritiba na Copa Sul-Americana foi um jogo de muitas reviravoltas nesta quinta-feira. O time baiano desperdiçou um pênalti e saiu perdendo, mas virou a partida em quatro minutos e venceu por 2 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Com o triunfo no jogo de ida da fase nacional, o Vitória joga pelo empate na partida de volta, em Curitiba, na próxima semana. Até mesmo uma derrota por um gol de diferença garante a classificação dos baianos desde que eles marquem ao menos dois gols. O Coritiba joga por uma vitória por 1 a 0 ou por dois ou mais de diferença. Em caso de triunfo do time paranaense por 2 a 1, a decisão vai para os pênaltis.

Aos 22 minutos, o Vitória teve a melhor chance de abrir o placar até então. Diego Renan cobrou falta, o atacante Evandro, do Coritiba, desviou com a mão e o árbitro venezuelano José Argote marcou pênalti. Na cobrança, no entanto, Kieza parou na trave direita do goleiro Wilson.

Ainda no primeiro tempo, Evandro se redimiu e colocou o Coritiba na frente aos 43 minutos. O atacante recebeu cruzamento da direita de Dodô e completou de primeira para o gol.

O Vitória só reagiu na segunda etapa e novamente em cobrança de pênalti. Aos 20 minutos, Kieza deu passe para Cárdenas, que foi derrubado por Wilson dentro da área. Desta vez, foi Diego Renan quem cobrou a penalidade e não a desperdiçou, empatando a partida. Apenas quatro minutos mais tarde veio a virada. Diogo Mateus cruzou da direita, o zagueiro Luccas Claro falhou e a bola sobrou para Kieza empurrar para as redes.

Após a partida, as duas equipes voltam a se focar no Campeonato Brasileiro neste domingo e só disputam a partida de volta na próxima quarta-feira, no estádio Couto Pereira, em Curitiba. O Vitória enfrenta o lanterna América-MG, às 18h30, novamente na Arena Fonte Nova, enquanto que o Coritiba vai até o estádio do Morumbi, na capital paulista, para pegar o São Paulo, às 16 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.